Tóquio 2020

Movimento Verde Amarelo será padrinho do Time Brasil em Tóquio 2020

por Redação
A
A
Movimento Verde Amarelo é responsável pela criação de músicas que se tornaram hits entre os torcedores brasileiros
Divulgação / COB
Movimento Verde Amarelo é responsável pela criação de músicas que se tornaram hits entre os torcedores brasileiros
publicidade

O Movimento Verde Amarelo (MVA) foi anunciado pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB) como padrinho do Time Brasil nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. Criado em 2008, o MVA se autodefine em seu site como “uma organização que tem como objetivo revolucionar a forma como o brasileiro torce e apoia as suas seleções e atletas”.

Para a próxima edição da Olimpíada, que terá início em um mês e meio, COB e MVA planejam ações conjuntas, tanto presenciais como virtuais, sempre respeitando os limites impostos pelas autoridades de saúde. O objetivo é engajar a torcida e motivar os atletas brasileiros.

Um dos destaques será a criação de uma torcida digital para produção e reverberação de conteúdos ligados ao Time Brasil, fazendo das redes sociais uma espécie de arquibancada para os torcedores. Além disso, será produzido um manual do torcedor brasileiro, em parceria com a Embaixada do Brasil no Japão, que servirá como guia para a atuação dos fãs do Brasil durante a competição.

O MVA ainda fará a cobertura em tempo real de algumas modalidades pelas redes sociais do Movimento, com a criação de hashtags de incentivo aos atletas e times do Brasil. O engajamento dos atletas será feito por meio do apoio e incentivo digital, tarefa destinada à Multidão MVA, representada pelos responsáveis por cada modalidade (os capitães MVA) e por influencers relacionados ao esporte.

Como uma primeira ação, o Movimento Verde Amarelo também já compôs uma música inédita para inspirar e incentivar os atletas. Batizada de “Conquistando o Japão”, a canção é de autoria de Luiz Vasco e Lucas Zegaib.

publicidade
MVA já compôs a música “Conquistando o Japão” para inspirar e incentivar os atletas brasileiros
Divulgação / Movimento Verde Amarelo
MVA já compôs a música “Conquistando o Japão” para inspirar e incentivar os atletas brasileiros
publicidade

“Foi uma honra o convite para ser padrinho do Time Brasil. Ele reforça o sentimento de que estamos no caminho certo em busca de nossos dois grandes objetivos: revolucionar a forma de torcer do brasileiro e consequentemente potencializar o desempenho esportivo de nossos atletas neste e no próximo ciclo olímpico”, destacou Luiz Vasco, fundador e diretor de relações institucionais do MVA.

“O Time Brasil é a união entre atletas e toda a torcida brasileira. E ninguém melhor do que o Movimento Verde Amarelo para representar esses milhões de torcedores que estarão empurrando nossas equipes no Japão. Lembro na Copa do Mundo da Rússia em 2018, em que diria que eu estava no lugar certo, na hora certa, dentro daquela estação de metrô a caminho do jogo entre Brasil e Sérvia quando milhares de brasileiros, liderados pelo MVA, fizeram um batuque e uma cantoria de arrepiar. Essa energia faz toda diferença. Se, agora em Tóquio, será a distância, quem sabe não é um esquenta para Paris?”, acrescentou Manoela Penna, diretora de comunicação e marketing do COB.

Vale lembrar que o MVA foi o responsável pela criação de músicas que se tornaram hits entre os torcedores brasileiros, como "Mil Gols”, popularizado na Copa do Mundo de 2014, no Brasil, e “Único penta é o Brasilzão”, durante a Copa do Mundo de 2018, na Rússia. O Movimento possui inúmeras embaixadas espalhadas pelo Brasil e pelo mundo: 104 cidades, espalhadas por todos os estados do Brasil, e 15 países espalhados por quatro continentes.

Os Jogos Olímpicos de Tóquio serão disputados entre 23 de julho e 8 de agosto. Por conta da pandemia, o MVA terá que se contentar em comandar a torcida de longe. No entanto, a ideia é alongar a parceria com o COB e promover uma grande festa nas ruas e arenas esportivas de Paris na disputa dos Jogos de 2024.

publicidade