Tóquio 2020

Loterias Caixa renovam patrocínio com CPB

por Erich Beting
A
A
Loterias Caixa têm sido a marca usada para ativar o patrocínio ao Comitê Paralímpico Brasileiro desde 2019
Divulgação/CPB
Loterias Caixa têm sido a marca usada para ativar o patrocínio ao Comitê Paralímpico Brasileiro desde 2019
publicidade

O Comitê Paralímpico Brasileiro e as Loterias Caixa renovaram, nesta quarta-feira (26), o acordo de patrocínio para mais um ano. O acerto foi divulgado pelo perfil da Caixa no Instagram.

“As Loterias Caixa renovam o patrocínio ao Comitê Paralímpico Brasileiro por mais um ano, por meio do Fundo para Desenvolvimento das Loterias (FDL), beneficiando 26 mil atletas. A iniciativa reforça o apoio da CAIXA ao esporte e aos atletas iniciantes e de alta performance, que, mais do que medalhas, trazem cada vez mais orgulho a todos os brasileiros. A Caixa, o banco do esporte paralímpico brasileiro, é também o banco da inclusão”, afirmou a empresa na postagem.

O FDL é o recurso que sobra das apostas feitas pelas pessoas e que a Caixa utiliza para fins promocionais. A utilização dessa verba já havia sido a alternativa encontrada pela estatal para manter o aporte ao movimento paralímpico desde a mudança na gestão do banco, em janeiro de 2019. Desde então, o CPB promove a marca das Loterias Caixa para justificar o uso de parte da verba do FDL no patrocínio, que em 2020 rendeu quase R$ 30 milhões ao comitê.

O patrocínio ao CPB é o terceiro assinado pela Caixa nas últimas semanas com confederações esportivas. A primeira foi a Confederação Brasileira de Ginástica, num acordo de quatro anos por R$ 30 milhões. A outra foi a Confederação Brasileira de Atletismo, que receberá R$ 16 milhões em um ano.

publicidade