Tóquio-2020

EXCLUSIVO: Caixa renova com ginástica por quatro anos

por Erich Beting
A
A
Caixa assinou renovação com a Ginástica brasileira nesta segunda-feira
Divulgação
Caixa assinou renovação com a Ginástica brasileira nesta segunda-feira
publicidade

A Caixa Econômica Federal acaba de aprovar a renovação do contrato de patrocínio da Confederação Brasileira de Ginástica por mais quatro anos. O novo contrato será assinado ainda nesta segunda-feira (26) e, então, será publicado no Diário Oficial.

A renovação do patrocínio da ginástica é a primeira das manutenções do aporte da Caixa a modalidades que fazem parte do programa olímpico brasileiro. A renovação vinha sendo discutida desde janeiro, quando venceu o contrato de patrocínio, antes da disputa dos Jogos Olímpicos de Tóquio, adiados para 2021 por conta da pandemia do coronavírus.

A manutenção do contrato da Caixa é uma vitória para a CBG, que recebeu R$ 20 milhões da patrocinadora no último ciclo olímpico (2017-2020). Os valores serão revelados após a assinatura do acordo, mas a tendência é de que eles fiquem um pouco abaixo do que foi investido.

A Caixa ainda negocia com o Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) e com a Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) a renovação, pelo menos até o final do ano, do patrocínio.

publicidade