Outros

Warner apresenta unificação de marca esportiva para América Latina

por Redação
A
A

A Warner Media realizou nesta terça-feira (9) um evento virtual para anunciar a unificação da marca na América Latina, com todos os canais de entretenimento e esporte do grupo. E, na questão esportiva, a novidade ficou para a nova marca TNT Sports, que agora será usada igualmente em outros países.

Com direitos como a Liga dos Campeões, a TNT Sports passará a ser uma única marca para Brasil, Argentina e Chile, países onde há a presença do braço esportivo da Warner. Os dois países seguirão as mudanças que já aconteceram no Brasil, e todos terão a mesma linha de comunicação.

No Brasil, a TNT Sports assumiu o lugar da marca Esporte Interativo, com a presença em canais da Warner e com a plataforma de streaming Estádio TNT Sports. O mesmo acontecerá com Argentina e Chile.

publicidade
TNT Sports ficará com mesma marca e conceito na América Latina (Foto: Divulgação)
TNT Sports ficará com mesma marca e conceito na América Latina (Foto: Divulgação)
publicidade

No Chile, a nova marca assume o lugar do Canal Del Fútbol (CDF). Na Argentina, a marca TNT Sports já era usada anteriormente. A diferente está na mudança de conceito e identidade visual, agora alinhado aos outros países e com a linha “Paixão sem limites”.

Fábio Medeiros, fundador do Esporte Interativo e atual vice-presidente de esportes para a América Latina da Warner Media foi o responsável por anunciar a novidade. “Fizemos um estudo que mostrou que os fãs dão mais valor a uma marca global”, justificou.

A promessa do executivo é ter uma transmissão cada vez mais integrada com o digital, com mais interações com os torcedores, seja na primeira ou na segunda tela. “Senão, a gente perde a relevância para o torcedor”.

A interação, por sinal, é motivo para que a marca não tenha um canal fixo no Brasil. Segundo Medeiros, sem evento, o canal perde muita audiência porque a conversa acontece fora da televisão. Portanto, o a TNT e o Space continuam com espaços separados para o TNT Sports. Isso não acontece no Chile e na Argentina por terem mais direitos locais.

publicidade