Outros

Times cedem, e Superliga terá ‘bolha" em Saquarema

por Redação
A
A

A sugestão da Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) para as quartas de final das Superligas Masculina e Feminina será aplicada nas semifinais. Por conta da situação da pandemia, as partidas acontecerão todas em Saquarema, no Rio de Janeiro, dentro do Centro de Desenvolvimento do Voleibol (CDV).

Dentro do complexo da CBV, todos os jogadores ficarão em um ambiente controlado, com risco muito menor de contaminação. Além disso, as partidas no Rio de Janeiro desviam da proibição de outros Estados, que têm aumentado a restrição para o combate ao Covid-19 e impedido eventos esportivos.

publicidade
Complexo da CBV em Saquarema receberá Superliga (Foto: Divulgação)
Complexo da CBV em Saquarema receberá Superliga (Foto: Divulgação)
publicidade

“Sem dúvida que, em um único local, e nós temos essa possibilidade através do CDV, tudo fica mais controlado, e nós sentimos uma segurança maior em realizar essa reta final da Superliga. Contamos com a colaboração dos clubes e vamos fazer tudo dentro do protocolo necessário para concluir a competição da melhor maneira possível”, afirmou o superintendente da CBV, Renato D´Avila.

Nas quartas de final, a CBV já havia sugerido a criação de uma bolha em Saquarema para a realização das partidas em segurança. Na ocasião, no entanto, os clubes vetaram a possibilidade em uma reunião virtual.

Neste momento, nem seria possível a realização dos jogos nos ginásios dos times. A semifinal feminina, por exemplo, terá Osasco, Praia Clube, Minas e Sesi Vôlei Bauru, todos de São Paulo e Minas Gerais. Hoje, os dois Estados não permitem eventos esportivos.

publicidade