Outros

CBF fecha patrocínio para seleção brasileira virtual

por Redação
A
A

A Confederação Brasileira de Futebol fechou um patrocínio exclusivo para o time de e-Sports, a chamada “eSeleção Brasileira”. A Max Racer, empresa especializada em cadeiras para jogadores, acertou um contrato de dois anos com a iniciativa.

Centrada no jogo Fifa, da EA Sports, a eSeleção Brasileira foi montada em 2020 pela CBF. O aporte da Max Racer é o primeiro patrocinador da equipe de futebol virtual.

publicidade
Seletiva da seleção brasileira em 2020 (Foto: Fernando Torres / CBF)
Seletiva da seleção brasileira em 2020 (Foto: Fernando Torres / CBF)
publicidade

Além de entrar na categoria de patrocinador do time, a empresa terá o direito de fazer cadeiras licenciadas com a marca da seleção brasileira. E, como primeira ativação ao acordo, a Max Racer abrirá uma votação no Twitter para decidir o desenho da cadeira do time.

Os e-Sports têm sido vistos com maior carinho pela CBF nos últimos anos. Além da seleção brasileira, a entidade aposta no torneio virtual do Brasileirão. A aposta, por sinal, rendeu até patrocínio da Konami para além das telas, com aporte ao principal torneio do futebol nacional.

publicidade