Opinião

Opinião: O time por trás de uma ideia

por Reginaldo Diniz, especial para a Máquina do Esporte
A
A
Onze da Vez traz os nomes por trás das ideias do universo esportivo
Divulgação
Onze da Vez traz os nomes por trás das ideias do universo esportivo
publicidade

Sou formado em jornalismo há 20 anos, mas nunca exerci a profissão. Por isso, ser convidado para ocupar este espaço na Máquina do Esporte é uma honra que não poderia imaginar nem em meus maiores sonhos! Aqui, vamos trazer e comentar as melhores ideias e execuções voltadas para o consumo do torcedor nas últimas semanas.

O viés da coluna será o de clarear os times e pessoas do esporte que estão por trás dessas ações. Uma espécie de “11 da Vez”, para não ficarmos apenas no “Bola da Vez”.

Hoje falarei sobre a transmissão de um jogo da Copa do Nordeste pelo TikTok. Ao lado da Live Mode, Ceará e CSA (os clubes dessa ação pioneira) formaram um timaço e lançaram a primeira transmissão ao vivo em um canal que nasceu para ser direto ao ponto. O tiro foi certeiro, um golaço.

A parceria é parte de um esforço global do TikTok para se tornar uma rede ainda mais popular entre os fãs de futebol. Segundo dados divulgados pela empresa, vídeos marcados com a #soccer têm mais de 40 bilhões de visualizações ao redor do mundo.

A transmissão em si recebeu mais de 600 mil espectadores e o perfil oficial da Copa do Nordeste na plataforma ganhou 65 mil seguidores no dia da partida, alcançando um pico de 3,2 milhões de acessos, segundo o UOL. Você acha mesmo que daria para fazer isso sem um time de craques por trás dessa ideia?

publicidade

Parabéns ao TikTok, à Live Mode (comandada por Maurício Portela) e ao Ceará Sporting Club, que alcançou outro patamar no futebol brasileiro sob comando do presidente Robinson de Castro. Foi um golaço que pode mudar a maneira como se consome futebol no país.

Variando o tema sem sair do tom, também é preciso falar sobre a iniciativa do serviço de streaming do Grêmio, já anunciado em parceria com a Container Media. Ele tem como objetivo criar uma conexão mais próxima entre o clube, seus sócios e torcedores. A plataforma oferece muito conteúdo do universo tricolor e mais de 5 mil títulos de entretenimento, incluindo filmes, séries, documentários, conteúdo infantil e shows. É diversão para toda a família, como os outros serviços. Mas os dados e o dinheiro vão para o clube, não para terceiros.

Foi uma grande sacada do time de Beto Carvalho (um dos diretores de marketing mais premiados do futebol brasileiro), do presidente Romildo Bolzan e do CEO Carlos Amoedo.

Iniciativas assim me animam e fico com a sensação de que as pessoas sérias do futebol estão construindo muito mais do que grandes cases; estão fazendo história e definitivamente colocando em prática iniciativas focadas no consumidor de esportes, gerando ainda mais conteúdos exclusivos e com o olhar no principal protagonista do futebol: o torcedor.

Outros clubes também se mexem para trazer novos conteúdos para suas torcidas, como o Palmeiras (através da TV Palmeiras+, iniciativa do time de Roberto Trinas) e o Atlético, com uma nova solução de realidade aumentada anunciada aqui mesmo nesta Máquina pelo gerente de inovação do clube, Felipe Ribbe.

Cada vez mais conteúdos serão criados e disponibilizados aos torcedores de futebol, que precisam de novos formatos e benefícios para que continuem consumindo seus clubes. O próximo passo é fazer o fã aderir a isso, seja por assinatura ou dentro do programa de sócio-torcedor. Mais um trabalho para estes 11 da Vez executarem com maestria. Até a próxima!

Reginaldo Diniz é cofundador e CEO do Grupo End to End e escreve mensalmente na Máquina do Esporte

publicidade