Motor

Heineken é a quarta marca a patrocinar a Fórmula 1 na Band

por Erich Beting
A
A
Heineken, que patrocina a Fórmula 1 desde 2017, pela primeira vez apoia a transmissão da categoria no Brasil
Divulgação
Heineken, que patrocina a Fórmula 1 desde 2017, pela primeira vez apoia a transmissão da categoria no Brasil
publicidade

Semanas depois do Banco do Brasil, a Heineken foi anunciada como nova patrocinadora da transmissão da Fórmula 1 pelo Grupo Bandeirantes. Patrocinadora global da categoria, a marca de cervejas será, pela primeira vez, apoiadora também da transmissão da F1 no Brasil, já que anteriormente, no pacote da Globo, a cota de bebida alcoólica era ocupada pela Itaipava.

O contrato prevê a exposição da marca nas transmissões realizadas pelos canais Band e BandSports, com inserções de mídia tradicionais e filmes de 5" e 30", além de conteúdos especiais que serão desenvolvidos em parceria entre emissora e Heineken.

"A Fórmula 1 é uma das principais plataformas globais da marca Heineken e este é o primeiro passo de uma série de novidades e experiências exclusivas, desenvolvidas em parceria com a emissora, que queremos proporcionar aos consumidores brasileiros que são fãs da categoria há anos ou que passaram a acompanhar recentemente", afirmou Carina Hermida, diretora de mídia, patrocínios e conteúdo do Grupo Heineken no Brasil.

publicidade

A ideia da empresa, com o patrocínio, é dar mais exposição para o produto Heineken 0.0, cerveja sem álcool lançada durante a pandemia no país.

"Por meio deste patrocínio, conseguimos também seguir fomentando assuntos de extrema importância para a sociedade, como consumo responsável e a incompatibilidade de bebidas alcoólicas e direção, além de reforçarmos a Heineken 0.0 como uma alternativa segura para esta ocasião aos quase 3 milhões de telespectadores que acompanham as transmissões ao vivo", disse Gabriel D'Angelo Braz, diretor de marketing da marca Heineken no Brasil.

A transmissão da Band tem, agora, quatro patrocinadoras principais. Além do BB e da Heineken, Claro e Philco já anunciam durante as transmissões, que têm conseguido, em média, 4 pontos na medição do Ibope, cerca de metade do que a Globo costumava ter com a Fórmula 1.

"Estamos trabalhando intensamente para, cada vez mais, termos conteúdos com forte conexão com as marcas. A Band vem ampliando o escopo e levando opções muito relevantes para os telespectadores", completou Henrique Collor, diretor comercial da Band.

publicidade