Motor

Ex-chefão da F1 revela conversa com Amazon

por Redação
A
A

Em um de seus últimos atos como executivo da Fórmula 1, Chase Carey disse ao jornal "Financial Times" que a Amazon quase se tornou parceira mundial de transmissão da categoria.


Carey afirmou que manteve "conversas substanciais" com a Amazon e, por pouco, não fechou com a plataforma de streaming Amazon Prime para mostrar as corridas de Fórmula 1.


Segundo o executivo, que deixará a Liberty Media em janeiro, a Amazon seria um parceiro estratégico à F1.

publicidade

“Eles são um parceiro em potencial incrivelmente importante e uma oportunidade para expandirmos e fazermos crescer nossos negócios”, afirmou.


Chase Carey foi o presidente-executivo da Fórmula 1 desde que a Liberty Media assumiu o controle comercial da categoria, em 2017. Ele foi o responsável por aproximar a F1 de um público mais jovem usando, para isso, o streaming. Além de criar a F1 TV Pro, plataforma de streaming por assinatura para a transmissão das provas, o executivo alinhou uma parceria com a Netflix, que criou uma série sobre a categoria.


Outra aposta que a F1 tem feito é nos jogos eletrônicos, com competições de e-Sports. No próximo mês, Carey será substituído como presidente e executivo-chefe da F1 pelo ex-chefe da equipe Ferrari Stefano Domenicali.

publicidade
Chase Carey alinhou uma parceria com a Netflix, que criou uma série sobre a categoria.
Fonte: Reprodução
Chase Carey alinhou uma parceria com a Netflix, que criou uma série sobre a categoria.
publicidade

Vans terá Ariadne Souza na equipe de skate amador