Motor

Confiante, GP de São Paulo de F1 inicia venda de ingressos

por Redação
A
A
Fórmula 1 Heineken Grande Prêmio de São Paulo está marcado para o fim de semana de 5, 6 e 7 de novembro
Divulgação / F1
Fórmula 1 Heineken Grande Prêmio de São Paulo está marcado para o fim de semana de 5, 6 e 7 de novembro
publicidade

A organização do Fórmula 1 Heineken Grande Prêmio de São Paulo 2021 abriu, nesta sexta-feira (18), às 19h, a pré-venda do primeiro lote de ingressos para a corrida, que será disputada nos dias 5, 6 e 7 de novembro, no Autódromo de Interlagos, localizado na zona sul da capital paulista. Nesta primeira etapa, os clientes cadastrados e que já estiveram no GP nos últimos anos tiveram prioridade e esgotaram os ingressos disponíveis em menos de duas horas. Eles serão seguidos pelos clientes novos que se cadastrarem para adquirir ingressos para este ano.

A venda para o público em geral começará no dia 25 de junho, imediatamente após o término do período de pré-venda. O site para a compra e o cadastro é www.f1saopaulo.com.br, e a comercialização ficará por conta da Eventim (www.eventim.com.br), parceira oficial da corrida. Os setores de arquibancadas são os mesmos dos anos anteriores e, na área VIP, haverá o lançamento do setor Grand Prix Club.

Os clientes de anos anteriores receberão no e-mail de seu cadastro um código único e exclusivo que dará acesso à pré-venda. O limite, por cliente, é de cinco ingressos. O pagamento poderá ser feito em até seis vezes por meio dos cartões Visa, MasterCard, American Express, Elo, Diners e por PayPal. A capacidade do autódromo será reduzida neste primeiro momento, visando a realização de um evento seguro para todos, mas poderá aumentar caso a situação da pandemia no estado permitir.

Apesar da confiança na realização da corrida por conta do número cada vez mais alto de vacinados contra a Covid-19 e da promessa de cumprir rigorosamente todos os protocolos determinados pelas autoridades sanitárias, a organização já garantiu que, se a prova não puder ser realizada por motivo de força maior, o ingresso será válido para a corrida de 2022.

A precaução se dá principalmente por conta de boatos nos bastidores da F1 de que o Brasil, como uma dos países em pior situação com relação à pandemia atualmente, corre o risco de ver a prova em Interlagos ser cancelada pelo segundo ano consecutivo. Outras categorias, como a Fórmula E e a Extreme E acharam melhor cancelar as corridas que fariam na América do Sul em 2021.

publicidade