Motor

Após United, TeamViewer acerta com Mercedes no automobilismo

por Redação
A
A

Após acertar o aporte máster do Manchester United, a TeamViewer fez mais um avanço no esporte. A empresa de software fechou com a Mercedes para as equipes de Fórmula 1, a Mercedes-AMG Petronas, e de Fórmula E, Mercedes-EQ.

Com a dupla de equipes, a empresa aposta no desenvolvimento de tecnologias que passam pelo avanço das baterias usadas nos carros elétricos da Fórmula E até a comunicação dos membros de cada time.

“Ao trabalharmos juntos na F1 e FE, podemos impulsionar ganhos no desempenho da tecnologia e ajudaremos a otimizar as operações remotas para muitas empresas em todo o mundo”, comentou o CEO e Chefe da Escuderia e do time Mercedes-AMG Petronas F1 e Chefe da Mercedes-Benz Motorsport, Toto Wolff.

publicidade
TeamViewer ficará exposta nos carros da Mercedes (Foto: Divulgação)
TeamViewer ficará exposta nos carros da Mercedes (Foto: Divulgação)
publicidade

A marca passará a ficar exposta nos carros e nos macacões dos pilotos. A estreia do parceiro será em maio, com as provas de Mônaco das duas categoriais.

“A parceria é um pilar fundamental em nossa estratégia para construir uma marca de tecnologia verdadeiramente global, ao mesmo tempo em que cria oportunidades para transferência dos casos de uso do automobilismo, um esporte cuja natureza é orientada e impulsionada por dados, para o ambiente industrial dos nossos clientes”, explicou o CEO da TeamViewer, Oliver Steil.

No último mês, a empresa anunciou o patrocínio máster ao Manchester United, a substituir a Chevrolet na próxima temporada. “A TeamViewer espera que ambas as parcerias esportivas fomentem o crescimento após 2023, quando projeta um faturamento de 1 bilhão de euros, levando a faturamentos extras de cerca de 150 milhões de euros em 2025 ao mesmo tempo em que mantém os melhores níveis de rentabilidade da classe”, afirmou a companhia em nota.

publicidade

CBAt fecha com Prevent Senior até 2025