Futebol

Uefa reitera compromisso em realizar a Euro em 12 cidades

por Redação
A
A
A Uefa ainda quer que os jogos aconteçam nos 12 países.
Crédito: Reprodução
A Uefa ainda quer que os jogos aconteçam nos 12 países.
publicidade

Em um encontro com as cidades anfitriãs da Euro 2020, a Uefa reiterou o compromisso de que a competição aconteça, pela primeira vez, em vários países.  A entidade já havia estudado a possibilidade de alterar o formato por causa da pandemia.

Representantes da entidade dirigente do futebol europeu reuniram-se com delegados das 12 federações que organizam o torneio da seleção nacional para discutir os aspectos operacionais do torneio. Segundo o portal Palco23, a opção do torneio ser jogado em um único local não está na mesa no momento.

O presidente da Uefa Aleksander Čeferin disse: "A Uefa está empenhada em realizar a EURO 2020 nas doze cidades planejadas. A Euro é a principal competição de seleções na Europa. É uma fonte vital de receita para o futebol de base e para o desenvolvimento do futebol em seu sentido mais amplo", disse ele.

"Estou otimista de que as coisas vão ser muito diferentes em termos do vírus à medida que nos aproximarmos do torneio", acrescenta ele. Dada a incerteza, ele diz que "é importante que demos às cidades e governos anfitriões o máximo de tempo possível para nos dar uma imagem precisa do que está por vir em junho e julho".

Por outro lado, ele adverte que "os torcedores são uma parte importante do que torna o futebol tão especial". "Isto é tão verdadeiro para a Euro quanto para qualquer outro esporte", reconhece ele, e acredita que "temos que nos dar o máximo de espaço possível para permitir que eles voltem aos estádios".

publicidade