Futebol

Título do Palmeiras em 1951 ganha medalhas históricas da Casa da Moeda

por Redação
A
A
Título do Palmeiras em 1951 ganha medalhas históricas da Casa da Moeda
Reprodução / palmeiras.com.br
publicidade

Após a Puma lançar uma camisa comemorativa pelos 70 anos do título do Palmeiras na Copa Rio de 1951 (o primeiro Mundial Interclubes da história do futebol), foi a vez da Casa da Moeda do Brasil (CMB) homenagear o aniversário do feito do clube. A instituição cunhou medalhas comemorativas em ouro ativo financeiro, prata, bronze e cuproníquel, cujos valores variam entre R$ 60 e R$ 12.900.

De acordo com o Palmeiras, a cerimônia de descaracterização do par de cunhos original da medalha foi realizada na última terça-feira (20) pelo presidente da Casa da Moeda do Brasil, Hugo Cavalcante Nogueira, e pelo presidente do clube paulista, Maurício Galiotte, na sede da equipe, em São Paulo. Todas as peças lançadas serão numeradas, com certificado e tiragem limitada, e podem ser adquiridas exclusivamente por meio do site oficial da Casa da Moeda.

publicidade
publicidade

“A descaracterização das matrizes das medalhas é um evento de suma importância, pois garantimos a originalidade e o limite de produção. Oficialmente, todas as medalhas fazem parte, a partir deste momento, do acervo do Palmeiras, eternizando o marco histórico dos 70 anos do título”, explicou o presidente da CMB.

“É uma homenagem ao maior título da história do Palmeiras, que é o título do Mundial de 51. É um produto que nos deixa muito orgulhosos. Uma lembrança que as pessoas vão poder guardar para sempre e que o valor sentimental é imensurável”, celebrou o presidente palmeirense.

Vale ressaltar que o ativo financeiro ouro é uma oportunidade de investimento especial para colecionadores, já que as medalhas terão tiragem exclusiva e limitada a 70 exemplares pelo valor de R$ 12.900. Além delas, serão comercializadas 300 unidades em prata (R$ 560), 700 unidades em bronze (R$ 145) e 2.500 em cuproníquel, com preços populares a R$ 60, que virão acompanhadas de um cartão exclusivo da coleção.

Esta é a segunda vez que Palmeiras e Casa da Moeda realizam uma parceria para a produção de medalhas. Em 2014, ano do centenário do clube, foram produzidas unidades em comemoração à data, com os produtos se esgotando em apenas sete dias.

publicidade