Futebol

São Paulo na Globo tem dobro da audiência de Palmeiras no SBT

por Redação
A
A

A decisão de mudar o dia e horário da transmissão dos jogos da Libertadores pelo SBT continua a mostrar que a competição continental é um ótimo negócio para a emissora, mas nem tanto para a Conmebol. Na última terça-feira (8), pela primeira vez a emissora de Silvio Santos transmitiu uma partida do Palmeiras neste novo horário. O suado empate em 1 a 1 com o Libertad, na abertura das quartas de final, rendeu 9,3 pontos de média na medição do Ibope para a região metropolitana de São Paulo.

O resultado representou o melhor desempenho do SBT na audiência durante todo o dia. Mas, quando a comparação vai para o futebol na TV aberta brasileira, a rede paulista segue sem conseguir incomodar a Globo.

Na quarta-feira (10), a emissora carioca transmitiu o duelo São Paulo 4x0 Botafogo, que consolidou a liderança do time paulista no Campeonato Brasileiro. O resultado no Ibope foi de média de 21 pontos de audiência e 33% de participação entre as televisões ligadas naquele período da partida.

Desde que deixou de transmitir a Libertadores, em setembro, a Globo tem apostado em jogos do Corinthians e do São Paulo, times de maior apelo popular, tanto no Brasileirão quanto na Copa do Brasil. Até agora, a emissora conseguiu pelo menos 20 pontos de audiência em todas as ocasiões.

publicidade

Já o SBT segue o seu "calvário" para fazer decolar a transmissão da Libertadores. A emissora paulista já transmitiu jogos de Palmeiras, São Paulo, Flamengo e o clássico gaúcho Grêmio x Inter. Em todas as ocasiões, a audiência oscilou entre 7 e 10 pontos de média, algo que tem sido bastante comemorado pela cúpula do SBT, já que quase sempre o futebol tem representado alguns dos maiores índices de audiência do dia.

A diferença entre as emissoras, porém, segue mostrando que a estratégia adotada pela Conmebol e pela FC Diez Media, agência que detém os direitos comerciais da Libertadores, pode representar uma perda de alcance da competição, pelo menos neste primeiro ano de transição de parceiro de mídia.

Até agora, a transmissão dos jogos da Libertadores tem se provado um bom negócio para o SBT e um negócio não tão bom para a competição. Quando decidiram romper com a Globo após a emissora ir à Justiça pedindo o fim do contrato por conta da pandemia, Conmebol e FC Diez Media aceitaram receber uma verba menor do SBT. Em troca, agência e entidade puderam passar a mostrar a marca e propaganda de seus patrocinadores durante a transmissão, algo que era vetado pela Globo.

Com contrato até 2022, o SBT tem comemorado as boas audiências do futebol na comparação com o dia a dia da empresa.

publicidade