Futebol

Libertadores foca em ações para torcedores de casa

por Redação
A
A

A Libertadores não quer perder o contato com os fãs, mesmo em tempos de estádio vazio por conta da pandemia do Covid-19. Sem poder contar com o público no Maracanã, a equipe de marketing da Conmebol e da FC Diez Media, agência que atende as competições de clubes da entidade, desenvolveu estratégias para garantir entregas aos patrocinadores e levar a decisão para a casa dos torcedores.

Hoje a competição conta10 patrocinadores: Qatar, Amstel, Bridgestone, Mastercard, Santander, EA, Betfair, Rexona, Gatorade e Ford, além da Nike como fornecedora de material esportivo. A Final Única tem como propósito entregar um trabalho feito “sob medida” para cada um deles, garantindo um relacionamento mais próximo com os torcedores.

O plano é, sem deixar de respeitar todos os protocolos de segurança, gerar uma experiência única para os torcedores. Por isso, as ações da decisão serão virtuais. Em uma delas, por exemplo, os torcedores poderão participar de um ‘meet&greet’ digital com um ‘Conmebol Legend’, um ídolo do esporte. Outra ativação contará com influenciadores que irão interagir com a Rexona em tempo real. Também terão totens com capitães honorários e até mesmo exibindo torcedores mirins que recebem virtualmente os jogadores no túnel.

Um grande esforço foi feito para garantir a exposição das marcas em todo o estádio, com as placas duplas de led e inserções virtuais. Entre outras ações planejadas, há um programa de lendas digitais, influenciadores falando por e para marcas e ativações em redes sociais. Por meio de ambientes digitais, foram criados conteúdos únicos para continuar contando a história que começou com a volta da competição. Além das entregas, todas as ações terão seus resultados monitorados para obtenção do ROI digital.

publicidade
Maracanã já está preparado para receber a final da Libertadores (Foto: Reprodução / instagram.com/maracana)
Maracanã já está preparado para receber a final da Libertadores (Foto: Reprodução / instagram.com/maracana)
publicidade

“Nosso principal objetivo neste ano foi fazer as coisas acontecerem de outra maneira, adaptadas ao momento atual da pandemia, em que o digital teve um papel ainda mais importante, mas sem perder a essência da competição, de nossas marcas e patrocinadores. Foram longas horas de trabalho e aproveitamos todas as ideias de uma equipe 360 da FC Diez Media, algumas através de benchmarks, outras pensadas especificamente para o cenário da América do Sul. Vamos implementá-las com a convicção de que se manterão por outras temporadas”, explicou a diretora de marketing da FC Diez Media, Maria Barbera.

A agência investiu na criatividade para realizar uma transformação digital que precisou acontecer mais rápido do que era possível imaginar. Essa linha de proposta coroa o trabalho desenvolvido durante todo o ano de 2020, que teve como principal objetivo garantir que a paixão do torcedor seguisse encontrando pontos de conexão com a competição, e nossos patrocinadores desfrutando da associação com a Libertadores mesmo seis meses sem uma única partida.

Entre março e setembro, diversos conteúdos de patrocinadores foram adaptados ao conceito #LibertadoresEmCasa direcionados aos fãs. Por exemplo, durante esse período, a Amstel passou a assinar conteúdos históricos de edições anteriores da Copa; a EA SPORTS criou simulações das partidas e desafios com jogadores no FIFA, entre outros.

“Numa situação totalmente diferente da esperada e com todas as suas limitações, para a Conmebol foi em todos os momentos uma prioridade trabalhar em conjunto com a agência, para perceber e ver como podíamos, inovando e utilizando a tecnologia como um dos nossos pilares fundamentais, conseguir que a conexão e paixão entre marcas e os fãs fossem mantidas. Fizemos um enorme esforço em termos de trabalho e recursos para que as marcas, apesar da situação, pudessem atingir os seus objetivos e a Libertadores continuasse sendo por excelência, a melhor plataforma de comunicação dos nossos patrocinadores a nível regional e global. Vale ressaltar que este ano atingimos um recorde em termos de transmissão, chegando a 191 países pela primeira vez e, como no ano anterior, teremos transmissão ao vivo em voos comerciais”, finalizou Juan Emilio Roa, diretor Comercial da Conmebol.

publicidade