Futebol

Globo aposta em conteúdo para se aproximar de torcidas

por Erich Beting
A
A

Corinthians e Flamengo, os dois times de maior torcida do Brasil, ganharam uma atenção especial do Grupo Globo. No domingo (28), a plataforma de streaming Globoplay passou a dar acesso à série “Predestinado”, um documentário em quatro episódios sobre o atacante Gabriel Barbosa, do Flamengo. Já nesta segunda-feira (1°), às 21h, o Sportv estreia a série “Acesso Total”, que traz os bastidores do time do Corinthians na temporada de 2020, que se encerrou na última quinta-feira (25).

Os dois documentários mostram a nova aposta do Grupo Globo para aproximar-se do fã de futebol e das principais torcidas do país. A empresa tende a produzir, cada vez mais, histórias com a temática do esporte mais popular do Brasil.

“O sucesso de ‘Doutor Castor’, que em apenas duas semanas atingiu marcas expressivas de consumo no Globoplay, prova que o público gosta das histórias e originalidade que o esporte pode apresentar. ‘Predestinado’ reforça a nossa oferta deste tipo de conteúdo, que já conta com outras séries de sucesso como ‘Até o Fim’, que narra a trajetória do Flamengo na Libertadores. Outras séries já estão sendo desenvolvidas para o lançamento ainda em 2021”, afirmou Ana Carolina Lima, head de conteúdo do Globoplay.

publicidade
Bastidores de Palmeiras e Corinthians é um dos destaques do documentário (Foto: Reprodução)
Bastidores de Palmeiras e Corinthians é um dos destaques do documentário (Foto: Reprodução)
publicidade

A princípio, apenas o documentário de Gabigol irá para a plataforma de streaming, assim como foi “Doutor Castor”, que narra a trajetória do bicheiro Castor de Andrade, ex-presidente do Bangu. A série com os bastidores do Corinthians será disponibilizada no site do Sportv.

Segundo apurou a Máquina do Esporte, esses seriados têm sido uma demanda produzida pela equipe de conteúdo da Globo, sem qualquer relação com a área de direitos. A ideia, originalmente, era também fazer uma série com os bastidores do Flamengo, mas não houve acordo financeiro com o clube. O Corinthians não receberá pela exposição dos bastidores do time.

“O universo do esporte é muito rico em histórias e este formato ainda está em uma curva ascendente. É razoável imaginar que teremos mais e mais produtos levando ao público a experiência mais imersiva possível. E isso só aumenta a satisfação da nossa equipe por ajudar a construir essa história no esporte brasileiro. Que venha o próximo. E que seja em breve”, disse Edgard Alencar, que foi o diretor do seriado corintiano.

publicidade