Futebol

Flamengo fecha patrocínio de R$ 3,5 milhões com a Moss

por Redação
A
A
Acordo irá até o final de 2021.
Crédito: Divulgação
Acordo irá até o final de 2021.
publicidade

A Moss, fintech que vende créditos de carbono em plataformas on-line e reverte os recursos para projetos de preservação da Amazônia, é a nova patrocinadora prioritária do Flamengo para 2021.

Com a parceria, além do investimento, o Flamengo irá compensar as emissões do time de futebol e se tornará o maior clube carbono neutro do mundo. “Temos em nosso território a maior floresta tropical do globo e uma série de desafios para preservá-la. Um deles é mostrar para as pessoas que querem ajudar a Amazônia que é possível fazer isso de forma segura e prática por meio da compra de créditos de carbono. Nada melhor do que uma parceria com o Flamengo e sua imensa torcida para dar visibilidade a isso”, afirma Luis Adaime, fundador e CEO da Moss.

O contrato de patrocínio entre a Moss e o Flamengo tem duração até dezembro de 2021 e envolve um investimento de R$ 3,5 milhões por parte da plataforma. A marca da empresa aparecerá no meião dos jogadores do clube e no ônibus oficial que transporta os atletas, além dos canais oficiais do Flamengo nas redes sociais.

“O contrato com a Moss ainda será submetido ao Conselho de Administração do clube para a aprovação oficial. Mas, desde já, estamos muito otimistas com esta parceria. Além do aspecto financeiro, com a celebração de um contrato importante em um período de pandemia como o que estamos vivendo, temos ainda o Flamengo, mais uma vez, se posicionando na vanguarda social, como um dos primeiros clubes do mundo a assumir o compromisso de neutralização de emissões de carbono. É uma parceria que vai ajudar na divulgação de um grande  trabalho em prol do nosso planeta”, diz Gustavo de Oliveira, vice-presidente de Comunicação e Marketing do Flamengo.

publicidade