Futebol

Clubes de SC rompem acordo com TV WA

por Redação
A
A

A Associação de Clubes de Futebol Profissional de Santa Catarina (SCClubes) lançou comunicado nesta segunda-feira (5) para anunciar o rompimento do acordo com a TV WA, que detinha os direitos de transmissões do Campeonato Catarinense para a televisão fechada.

O grupo afirma que o canal, pertencente a Walter Abrão Filho, descumpriu o acordo assinado e, portanto, fica proibido de exibir a competição. “O caso será encaminhado para o departamento jurídico, que realizará a respectiva cobrança judicial”, afirma a associação.

Segundo informou o site “Uol”, a TA WA não conseguiu arcar com o acordo financeiro firmado com as equipes. Pelo acordo, haveria a quantia de R$ 1 milhão para ser distribuídos entre as equipes do campeonato estadual.

publicidade
Campeonato Catarinense ficará sem uma emissora parceira para a TV paga (Foto: Patrick Floriani/FFC)
Campeonato Catarinense ficará sem uma emissora parceira para a TV paga (Foto: Patrick Floriani/FFC)
publicidade

Agora, o Campeonato Catarinense ficará apenas na Globo, pela TV aberta, e no sistema de pay-per-view do torneio por streaming, com a plataforma “Futebol Catarinense”.

Essa é a segunda vez que a TA WA perde um direito de transmissão por falta de pagamento no último mês. Antes, a emissora havia deixado passar a oportunidade de ter o direito de 56 jogos das Eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo de 2022.

O acordo de US$ 11 milhões fora assinado com a Mediapro, que detém o direito das seleções das Eliminatórias, com exceção de Brasil e Argentina. A emissora alegou na ocasião que o adiamento das partidas por conta da pandemia impossibilitou o levantamento de verba para arcar com o acordo.

publicidade