Futebol

CBF força manutenção do futebol; Globo diz seguir protocolos

por Redação
A
A

Um vídeo vazado nesta terça-feira (23) mostrou o presidente da CBF, Rogério Caboclo, descartando a possibilidade de parar o futebol na pandemia. Segundo o dirigente, “ninguém” gostaria da paralisação, inclusive a Globo, detentora dos direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro e da Copa do Brasil.

As imagens, vazadas pelo jornalista Venê Casagrande, do jornal “O Dia”, mostram uma reunião virtual entre Caboclo e presidentes dos principais clubes do país. Ao fim do encontro, o mandatário da CBF pergunta se algum time era a favor da paralisação. Ninguém se manifesta. Antes, Maurício Galiotte, do Palmeiras, chegou a pedir apenas para postergar a discussão, o que não foi atendido por Caboclo.

publicidade
Reunião da CBF teve imagens vazadas (Foto: Reprodução)
Reunião da CBF teve imagens vazadas (Foto: Reprodução)
publicidade

O presidente da CBF foi enfático na posição da entidade. “Eu vou mandar no futebol brasileiro e vou determinar que vai ter competição. Porque vocês estão f... se não tiver. Eu assumo o ônus por todos vocês”, afirmou.

Em nota, a Globo se manifestou, com o reforço de que o momento exige “cautela” e que a emissora segue os protocolos impostos pelas entidades.

“Como vem fazendo desde o início da pandemia há mais de um ano, a Globo segue respeitando as orientações dadas pelas autoridades competentes e acompanhando as decisões dos organizadores das competições. Entendemos que o momento é de cautela, e que a prioridade é a segurança de todos. Vamos seguir e respeitar todos os protocolos que forem definidos e decididos pelas entidades”, afirmou a empresa em posicionamento oficial.

publicidade