Futebol

Americano dono do Liverpool pede desculpa a torcedores

por Redação
A
A

O dono do Liverpool e do Boston Red Sox, o americano John W. Henry, lançou um vídeo nas redes sociais da equipe inglesa para pedir desculpas pela Super Liga. O executivo chamou os fatos dos dois últimos dias de “confusão”.

Segundo Henry, a decisão da retirada do Liverpool saiu após os protestos dos torcedores. “Durante 48 horas, vocês deixaram claro que não queriam que ele acontecesse. Nós ouvimos vocês. Eu ouvi vocês”, afirmou, em relação aos fãs do time.

publicidade
publicidade

Henry também pediu desculpas ao presidente do clube, Billy Hogan, e ao treinador da equipe, Jürgen Klopp. O técnico foi um dos críticos à criação da Super Liga. Após o anúncio da competição, o alemão deu declaração para reforçar que não sabia da posição do Liverpool e que nem ele, nem os atletas estavam envolvidos com a decisão do clube.

Além de Klopp, o capitão da equipe, Jordan Henderson liderou um movimento entre os jogadores que resultou em uma declaração coletiva do elenco do Liverpool. “Nós não gostamos e não queremos que aconteça”, afirmaram em relação à Super Liga.

Após as desculpas por colocar o Liverpool na Super Liga, Henry ainda destacou a força dos torcedores. “É algo que não esquecerei e mostra o poder que os torcedores têm e continuarão a ter".

publicidade