arquivo

Volta da K-League atrai 3,4 milhões de espectadores no Twitter

por Redação - São Paulo (SP)
A
A

A vitória do Jeonbuk Hyundai Motors por 1 a 0 sobre o Suwon Samsung Bluewings marcou, na última sexta-feira (8), o retorno da K-League, a liga sul-coreana de futebol, às atividades após a paralisação por conta da pandemia do coronavírus. Após Taiwan, que já havia retornado em abril, a Coreia do Sul foi o primeiro país a promover a volta. E conseguiu se aproveitar bem disso.

publicidade
publicidade
publicidade

Após perceber um interesse da mídia nunca antes visto justamente pela falta de oferta de esportes ao vivo em todo o mundo, a K-League decidiu usar a situação para ganhar visibilidade. Um dia antes do retorno, anunciou que transmitiria o duelo que marcaria o reinício de maneira global no Twitter e no YouTube. Nesta quarta-feira (13), cinco dias depois da partida, a liga revelou os números alcançados.

publicidade
publicidade
publicidade

Foto: Reprodução / Twitter (@KLeagueUnited)

publicidade

Segundo a K-League, o jogo atraiu 3,4 milhões de espectadores no Twitter e ainda obteve 234 mil visualizações no YouTube. O Brasil foi o segundo mercado que mais se interessou pela partida, com 15% do número total, atrás apenas da Turquia, que alcançou 18%. Em terceiro lugar, ficou a Espanha, com 9%. A rodada completa foi exibida em 36 países que tiveram algum veículo de comunicação interessado em adquirir os direitos do torneio.

publicidade
publicidade
publicidade

Na própria Coreia do Sul, a audiência foi considerada satisfatória. Por lá, os sul-coreanos puderam assistir aos jogos em canais de TV e ainda em sites que detém os direitos por streaming. As seis primeiras partidas tiveram uma média de 30.172 espectadores simultâneos, o que representou um aumento de 18% em relação à temporada anterior.

publicidade

Gabigol lança quadro para celebrar 'aniversário' da Libertadores