O Liverpool anunciou, nesta quinta-feira (27), que o ano de 2019 representou um aumento recorde de faturamento para o clube. Para se ter uma ideia, após vencer a Champions League, os ingleses viram sua receita saltar de £ 78 milhões para £ 533 milhões (cerca de R$ 3 bilhões). O lucro, antes dos impostos, ficou em £ 42 milhões.

Outros números também chamam atenção. O título europeu ajudou os Reds a faturarem £ 261 milhões em direitos de mídia, um acréscimo de £ 41 milhões em relação à temporada anterior. Além disso, a receita comercial do clube aumentou para £ 188 milhões, enquanto a receita em dias de jogos subiu para £ 84 milhões. Todos os números do balanço financeiro anual do clube são referentes ao ano encerrado em 31 de maio de 2019.

Foto: Reprodução / Twitter (@ChampionsLeague)

"Esse fortalecimento contínuo da sustentabilidade financeira subjacente do clube está nos permitindo fazer investimentos significativos tanto no recrutamento de jogadores quanto na infraestrutura. A capacidade de reinvestir mais de £ 220 milhões em jogadores durante este período financeiro é resultado de uma estratégia de negócios bem-sucedida, particularmente o aumento significativo nas receitas comerciais. O custo do futebol, no entanto, continua a aumentar em transferências e taxas associadas, mas o que é fundamental para nós é a consistência da nossa posição financeira, permitindo-nos viver de acordo com nossos meios e continuar administrando um clube de futebol sustentável", declarou Andy Hughes, diretor de operações do Liverpool.

Em termos de gastos, o clube inglês desembolsou £ 223 milhões nas contratações de Alisson, Fabinho, Keita e Shaqiri. Além disso, investiu £ 50 milhões no novo campo de treinamento de Kirkby, que deve ser inaugurado em julho. Por último, está trabalhando para aumentar a capacidade do Estádio Anfield para 61 mil espectadores. A ideia é que os novos lugares já estejam disponíveis para o início da temporada 2022/23.   

"O que estamos vendo é um crescimento sustentado em todas as áreas do clube, alinhado com o desempenho recente em campo. Continuamos reinvestindo na infraestrutura do clube e esperamos a abertura de nossa nova base de treinamento em Kirkby antes da próxima temporada, que fornecerá instalações de primeira classe para nossos jogadores e funcionários. Além disso, queremos aumentar a capacidade do nosso estádio, dando a mais torcedores a oportunidade de ver a equipe. Esses resultados financeiros e esse período sustentado de crescimento sólido são uma prova de que o Fenway Sports Group continua apoiando as ambições do clube e reinvestindo receitas tanto no fortalecimento do elenco quanto na infraestrutura do clube para construir para o futuro", acrescentou Hughes.


Notícia Liverpool Champions League lucro faturamento balanço financeiro mercado receita comercial mídia gestão investimento