O SBT oficializou, no fim de semana, a transmissão do jogo decisivo entre Flamengo e Fluminense, válido pela final do Campeonato Carioca de 2020. Em comunicado, a emissora paulista afirmou que exibirá a partida "com muita qualidade e com a descontração característica do SBT".

No domingo (12), o SBT também confirmou que a narração ficará sob o comando de Téo José, do Fox Sports, que fechou um acordo pontual com a emissora. O profissional esteve com a empresa de Sílvio Santos nos anos 1990, em eventos como a Fórmula Indy e os Jogos Olímpicos de 1996. Também no domingo (12), foi divulgada a chamada para promover a partida dentro da programação do canal.

Com o SBT, o jogo mudou de horário. A partida começará às 21h da quarta-feira (15), com a transmissão tendo início 15 minutos antes. Originalmente, o duelo estava marcado para as 21h30, faixa de horário de preferência da Globo.

Foto: Reprodução / SBT

Com o acordo com o Flamengo, o SBT volta a transmitir uma partida da elite do futebol brasileiro após 17 anos. Em 2003, a emissora exibiu o Campeonato Paulista, em um torneio que foi marcado pela briga judicial entre o canal, a Globo e a Federação Paulista de Futebol (FPF) pelos direitos de transmissão do torneio.

Desta vez, a Globo saiu da briga. Sem fechar com o Flamengo, mas com acordo com todas as outras equipes, a emissora carioca considerou que houve quebra de acordo quando o time da Gávea exibiu uma partida pelo YouTube. O clube baseou a transmissão na Medida Provisória 984, lançada pelo presidente Jair Bolsonaro, que dá o direito de arena à equipe mandante, sem a necessidade de acordo com o adversário. Com o mesmo argumento, o time pôde acertar com o SBT para a final.

Segundo reportagem do portal "UOL", o clube procurou a emissora após sofrer pressão dos patrocinadores, preocupados com a baixa exposição da partida decisiva. Mesmo com os bons números obtidos na internet, há o claro entendimento de que uma transmissão nacional em TV aberta gera um retorno muito maior.

O Flamengo, por outro lado, manterá a transmissão on-line. O SBT terá o direito apenas na TV aberta, enquanto o clube poderá seguir a aposta do canal próprio, com patrocínios fechados diretamente para a partida e aumento de seguidores.

Os valores pagos pelo SBT ainda não foram divulgados oficialmente. O Flamengo não teve um parceiro de mídia durante o Campeonato Carioca após recusar a proposta de R$ 18 milhões da Globo pela transmissão de todo o torneio.


Notícia Mídia SBT direitos transmissão futebol Campeonato Carioca Flamengo Fluminense mercado estratégia audiência TV aberta