arquivo

Salão do Automóvel vira palco para ativações esportivas

por Duda Lopes - São Paulo (SP)
A
A
publicidade

O Salão do Automóvel, realizado em São Paulo, é o principal evento no Brasil para as marcas do segmento no país. E, além de apresentar os mais modernos modelos de carros, as companhias desse mercado têm usado a data para promover ativações de seus patrocínios no esporte, sem necessariamente estar ligado ao automobilismo.

publicidade
publicidade

A Nissan deu alguns exemplos de possibilidades para o Salão do Automóvel. A empresa levou convidados e jornalistas para o estande da marca no evento. E, para recebe-los, contou com a presença de uma série de atletas que fizeram parte do time da marca durante os Jogos Olímpicos de 2016, patrocinado pela companhia japonesa.

publicidade
publicidade

E não foram só os Jogos Olímpicos lembrados pela Nissan. O foco da empresa no Salão do Automóvel é a interatividade com o público, com atrações como test-drive e simuladores. Uma delas, em específico, faz uma brincadeira com o futebol e um dos carros da companhia. O Pênalti Kicks é um simulador de penalidades máximas com referências à Liga dos Campeões da Europa, outro patrocínio dos asiáticos.

publicidade

A Nissan não será a única que usará atletas patrocinados, por sinal. A Mitsubishi levará alguns nomes do esporte para o estande da marca. Ligada a modalidades de aventuras, a companhia apostará em atletas do segmento para fazer relacionamento com os consumidores. Estão confirmados, por exemplos, os surfistas Gabriel Medina e Maya Gabeira.

publicidade
publicidade

Houve também quem arriscasse mais. A Audi, também na terça-feira, chamou o skatista Bob Burnquist para saltar sobre um dos novos carros da marca.

publicidade
publicidade
publicidade

O automobilismo, claro, não será ignorado no Salão do Automóvel. A Peugeot, por exemplo, já anunciou que colocará o 3008 DKR de competição em exposição para o público. O veículo foi o campeão do Rali Dakar deste ano. 

publicidade

Essa não é a primeira vez que o Salão do Automóvel é usado como plataforma de ativação de aportes esportivos. Em 2014, diversas marcas usaram o evento como aquecimento aos Jogos Olímpicos de 2016. A própria Nissan usou a exposição para fazer decorações em referência às disputas no Rio de Janeiro.

publicidade
publicidade

Ela não esteve sozinha. A Jac Motors usou o evento para ativar o rúgbi e apresentou carro com a seleção brasileira da modalidade. Já a Land Rover usou o aporte ao tenista Bruno Soares para fazer relacionamento com jornalistas e convidados. 

publicidade
publicidade

Lenovo renova patrocínio do Prêmio eSports Brasil 2020