O terceiro domingo seguido com reprises de jogos históricos dos clubes brasileiros na Globo colocou a emissora carioca em segundo lugar na audiência no período entre 16h e 18h pela primeira vez em muito tempo. O fato aconteceu em São Paulo, enquanto, no Rio de Janeiro, o canal conseguiu manter a liderança no Ibope.

Para os paulistas, a Globo transmitiu a final da Copa Libertadores de 1999, vencida pelo Palmeiras pela primeira e única vez na história do clube. O duelo diante do Deportivo Cali, da Colômbia, decidido nos pênaltis, alcançou apenas 10 pontos de média. O número ficou abaixo do programa Eliana, do SBT, que bateu 11 pontos.

Foto: Reprodução / Twitter (@Palmeiras)

Já no caso dos cariocas, o duelo em que o Fluminese bateu justamente o Palmeiras por 3 a 2 no jogo que garantiu o título brasileiro de 2012 ao tricolor das Laranjeiras alcançou 11 pontos de média de audiência. O programa Eliana ficou atrás, com 9 pontos.

No domingo que vem (7), a Globo fechará os duelos protagonizados pelos quatro grandes de São Paulo e Rio de Janeiro. Para os paulistas, será exibida a reprise da vitória do Santos sobre o Peñarol 2 a 1, com Neymar em campo, na final da Libertadores de 2011. Já os cariocas vão rever o empate do Botafogo justamente com o Santos por 1 a 1 no jogo que rendeu o título brasileiro ao time de General Severiano em 1995.

Cada ponto de audiência no Ibope equivale a 74.987 domicílios (ou 203.309 pessoas) na Grande São Paulo. Já no Rio de Janeiro e região metropolitana, um ponto no índice representa 47.454 domicílios (ou 121.090 telespectadores).


Notícia Globo Palmeiras Fluminense mídia TV aberta audiência reprise queda Eliana SBT