A Red Bull está interessada em comprar os direitos de transmissão da Fórmula 1 em TV aberta na Áustria a partir da próxima temporada. A proposta seria para a transmissão da temporada da principal categoria do automobilismo mundial por meio da Servus TV, canal de TV aberta da produtora de bebidas energéticas.

Caso consiga alcançar o objetivo, a Red Bull incluiria a Fórmula 1 em uma programação que já conta com a transmissão da MotoGP na Áustria e também na Alemanha, além de outros eventos esportivos. Em janeiro deste ano, a Servus TV obteve a maior audiência da história da televisão austríaca ao bater a marca de 738 mil espectadores na final do Australian Open de tênis, em que o austríaco Dominic Thiem foi derrotado pelo sérvio Novak Djokovic.

Foto: Reprodução / Twitter (@AlphaTauriF1)

"Não somos uma emissora de esportes. Os direitos da F1 são sempre interessantes para uma emissora, mas não podemos dizer nada sobre eles agora. Temos que pensar cuidadosamente sobre essa opção", disse Dietrich Mateschitz, cofundador da Red Bull, ao site Speedweek.com.

De acordo com a imprensa austríaca, a principal concorrente da marca deverá ser a ORF, emissora de TV pública do país europeu que é a atual detentora dos direitos e paga € 10 milhões para tê-los. O diretor de esportes da ORF, Hans Peter Trost, já deu declarações de que quer renovar o contrato para 2021. No ano passado, a emissora obteve uma média de 534 mil espectadores por corrida.

Vale lembrar que a Red Bull investe de maneira pesada na F1 já há vários anos. Atualmente, possui duas equipes (Red Bull Racing e AlphaTauri (ex-Toro Rosso)), além dos naming rights do circuito que recebe a prova de F1 na vila de Spielberg, perto da cidade de Zeltweg, na Áustria, que é chamado de Red Bull Ring.


Notícia Red Bull AlphaTauri Fórmula 1 F1 mídia direitos transmissão ORF mercado estratégia Áustria