O Real Madrid anunciou, nesta quarta-feira (15), um acordo de patrocínio com o Liberbank, com início na temporada 2020/2021 e validade até o final da temporada 2025/2026. A instituição passa a ser o banco oficial do clube madrilenho em todo o território espanhol em substituição ao CaixaBank, parceiro da equipe nas últimas três temporadas e que optou por não renovar o contrato.

LEIA MAIS: Real Madrid amplia acordo e reformulará todo o setor de varejo

Pelo acordo, além de obter a marca dos ativos físicos e digitais do Real Madrid, o Liberbank terá a possibilidade de se envolver nas novas linhas de financiamento do clube. A parceria também oferecerá opções de financiamento para torcedores em relação à compra de ingressos para a temporada, assim como outros produtos bancários.

Foto: Reprodução / Twitter (@realmadrid)

O contrato tem como finalidade aumentar a visibilidade e o conhecimento de marca do Liberbank. A ideia também é criar novas linhas de negócios entre clube e instituição financeira para atrair novos clientes, em especial graças à presença digital do Real Madrid. No entanto, assim como no caso do CaixaBank, não haverá exposição da marca na camisa para o Liberbank.

O acordo é válido para todas as categorias de futebol do clube espanhol (masculino, feminino e base), assim como o time de basquete. Os valores envolvidos na negociação não foram revelados, mas, nos bastidores, especula-se um valor um pouco acima do que os € 5 milhões anuais (€ 15 milhões no total) que o CaixaBank pagou ao longo do contrato entre 2017/2018 e 2019/2020.


Notícia Patrocínio marketing estratégia visibilidade mercado banco Liberbank CaixaBank Real Madrid