O Rangers, uma das equipes mais tradicionais do futebol escocês, anunciou, nesta terça-feira (7), o lançamento de um pacote de patrocínio virtual para a temporada 2020/2021. O objetivo do clube é aumentar a receita comercial de uma forma que ajude nas finanças, tendo em vista que a próxima temporada da Scottish Premiership, primeira divisão do futebol do país, deverá ter início em 1º de agosto com portões fechados e sem uma data estipulada para uma mudança desse status.

O pacote é baseado principalmente na produção de banners de grandes dimensões que cubram lugares geralmente ocupados pelos espectadores e que são mostrados com frequência pelas câmeras. Todos os jogos do time em casa, no Ibrox Stadium, serão exibidos ao vivo na RangersTV, o canal de TV on-line do clube, tanto para o Reino Unido como para o resto do mundo, o que gera uma ampla plataforma de visibilidade para os possíveis novos patrocinadores. Algumas partidas também serão transmitidas pela Sky na televisão fechada como parte de um novo contrato de cinco anos.  

Foto: Reprodução / Twitter (@RangersFC)

''Com todos os olhos da RangersTV para a cobertura ao vivo, há várias novas oportunidades de publicidade nos estádios, incluindo placas de publicidade estática voltadas para a TV e a oportunidade de exposição da marca em banners de grandes dimensões localizados nos principais pontos do Ibrox Stadium", destacou Scott Williams, diretor de parcerias comerciais do time escocês.

O pacote ainda inclui promoção da marca nas mídias sociais, na própria RangersTV e também como apresentadora do "Homem do Jogo". Há a ideia de que o melhor atleta do time em campo ainda faça uma chamada de vídeo pelo aplicativo Zoom no final de cada partida e que essa chamada também seja patrocinada. Por último, as empresas interessadas também poderão exibir propagandas antes dos jogos, no intervalo ou até mesmo durante as partidas sem, é claro, comprometer as imagens do campo.

Vale lembrar que, na Escócia, os clubes da Scottish Premiership poderão transmitir ao vivo seus jogos em casa em seus próprios sites e canais de TV on-line, oferecendo um "ingresso virtual" durante toda a temporada 2020/2021. Na temporada passada, diversos clubes, entre eles os três principais (Celtic, Rangers e Aberdeen), ofereceram transmissão ao vivo de seus jogos em casa para espectadores fora do Reino Unido e da Irlanda por meio de assinatura ou pay-per-view.


Notícia Estratégia comercial patrocínio marketing finanças receita futebol escocês mercado Rangers pandemia coronavírus