O português Cunha Rodrigues, antigo procurador-geral da República Portuguesa, será o novo presidente do órgão de controle financeiro de clubes (CFCB) da UEFA, criado para controlar as finanças das equipes europeias.

Rodrigues vai assumir funções dia 8 de outubro e abandonar, consequentemente, o Tribunal de Justiça da União Europeia, no qual é juiz há 12 anos. As funções de Rodrigues na CFCB passam por supervisionar a aplicação do sistema de licenciamento dos clubes da UEFA e dos regulamentos do fair play financeiro. As equipes que não cumprirem as regras poderão ser excluídas de campeonatos europeus. O mandato de Cunha Rodrigues na CFCB irá até 30 de junho de 2015.

Notícia Gestão