Equipe de vôlei do Pinheiros em 2010

Equipe de vôlei do Pinheiros em 2010

Após o fim da temporada 2010/2011, o Pinheiros sofreu com a queda dos dois patrocinadores que mantinham as equipes de vôlei do clube. Sem a Sky, a equipe masculina ficará fora da próxima temporada, mas a feminina ganhará sobrevida após a saída do Mackenzie, com recursos do clube. A conta, no entanto, teve que sofrer cortes significativos.

Do elenco da última temporada, restaram apenas duas jogadoras. Ao todo, são apenas oito atletas adultas, e o restante do time será todo formado por juniores. Com a medida, o clube conseguiu reduzir as despesas em 60%, e manteve o time, mais tradicional que o masculino, vivo.

Hoje, a diretoria do Pinheiros já admite que a temporada dificilmente será coroada com título, e a equipe deve entrar nas competições como coadjuvante. Para voltar a ter uma equipe mais forte, a busca por patrocínio permanece, mas não tem sido uma missão simples.

A dificuldade está na data do ano para a busca de recursos das empresas, que já têm seus orçamentos fechados para o marketing. O clube conversa atualmente com dois nomes interessados, mas não se mostra empolgado com a possibilidade.

Nem mesmo um fornecedor de material a equipe conta atualmente. Para os calçados dos jogadores, a Asics mantém contrato até o fim de 2011, mas ainda não há uma empresa que banque os uniformes. No masculino, havia a Olympikus, mas mesmo com o Mackenzie, a empresa não tinha participação no feminino.

Para o 2012/2013, no entanto, o cenário já é diferente. A diretoria pinheirense admite que os interesses para o próximo ano já são bem mais atrativos. Desse jeito, o feminino poderia ser reforçado e, de qualquer maneira, o clube já planeja o retorno da equipe masculina.                   


Notícia Patrocínio Pinheiros