A Penalty deu mais um passo em sua estratégia de buscar os meios digitais para conversar com o consumidor, apresentar produtos e aumentar vendas. Dessa vez, a fabricante de material esportivo anunciou um investimento na iFut, plataforma que faz a gestão de torneios amadores de futebol.

LEIA MAIS: Penalty se une a programa e mira professor de Educação Física

Com o aporte, que não teve o valor revelado, a marca do grupo Cambuci ajudará a startup criada em Brasília, em 2015, a ampliar o serviço aos seus consumidores, que já somam 5.500 organizadores de eventos com 74 mil atletas na base total. Em troca, poderá realizar ações específicas voltadas diretamente para esse público.

Foto: Reprodução / Site (ifut.com.br)

"Por meio da startup, iremos conhecer melhor o público e ter acesso a dados exclusivos. Com isso, a meta é avançar nas conexões com o praticante de futebol e criar uma estratégia de CRM mais robusta para fortalecer as vendas e fidelizar o fã", afirmou Paulo Gaspar, gerente executivo de marketing e vendas da Penalty.

A ideia da empresa é aproveitar a plataforma para testar produtos, mapear tendências e ativar seus principais patrocínios ao longo do ano. Segundo dados fornecidos pela iFut, 66% dos praticantes cadastrados no aplicativo têm até 25 anos, 11% dos torneios são mistos ou femininos, e a média é de 106 atletas por torneio.

No começo do ano, a marca já havia anunciado uma parceria com a plataforma de streaming MyCujoo para produzir conteúdo e interagir com o fã cadastrado. O acordo procura mostrar mais detalhes das bolas produzidas pela Penalty.

A empresa mudou o foco de investimento nesta temporada. Em vez de patrocinar diversos estaduais, a Penalty manteve o Campeonato Paulista e investirá com mais força na comunicação do patrocínio também às Séries B e C do Brasileiro.


Notícia Penalty iFut plataforma startup investimento estratégia marketing tecnologia mercado