O isolamento provocado pela pandemia do coronavírus fez com que as duas principais atividades da indústria do entretenimento finalmente se unissem para realizar algumas ações em conjunto para os seus fãs.

Foto: Divulgação / WSL Brasil

Neste sábado (28), a World Surf League (WSL) Brasil organizará um show virtual com nove artistas. Cada um deles tocará as músicas de suas casas, com transmissão pela função "ao vivo" dos seus perfis no Instagram. Enquanto isso, o perfil da WSL na rede social informará às pessoas o perfil dos artistas e quando começam os shows. A ideia, com isso, é valorizar o universo da música dentro da cultura do surfe.

"A música é uma parte importante da cultura do surfe. Pensando como levar entretenimento para os nossos fãs nessa quarentena, organizamos um festival digital", disse Ivan Martinho, CEO da WSL na América Latina, à Máquina do Esporte.

A iniciativa da WSL no Brasil é uma versão mais simples do que fará a LaLiga em parceria com o Santander na Espanha. Também neste sábado (28), a entidade que gerencia o Campeonato Espanhol promoverá um show com 20 artistas e 20 jogadores de cada um dos clubes que disputa a competição. Diretamente de suas casas, artistas e atletas promoverão um evento que será transmitido para todo o mundo por meio dos canais digitais da LaLiga e pelos parceiros de mídia da competição.

LEIA MAIS: LaLiga unirá futebol e música em festival virtual beneficente

Durante o festival, torcedores poderão realizar doações por meio da Fundação Santander. O dinheiro arrecadado será destinado para a aquisição de suprimentos médicos para ajudar no combate à Covid-19. A Espanha é, hoje, ao lado da Itália, o país mais atingido pela pandemia na Europa. Na semana passada, um torneio virtual de Fifa 2020 feito pela LaLiga arrecadou mais de € 140 mil.

Foto: Divulgação / LaLiga / WSL Brasil


Notícia WSL World Surf League LaLiga música futebol surfe festival união estratégia gestão marketing mercado pandemia coronavírus