A classificação do Palmeiras para a final do Campeonato Paulista adiou, por uma semana, o debate sobre a utilização da Medida Provisória 984 na transmissão do jogo contra o Vasco, no início do Campeonato Brasileiro.

A Confederação Brasileira de Futebol confirmou que as decisões de estaduais terão prioridade no calendário. Assim, como Palmeiras e Corinthians encerram o Paulistão no sábado, dia 8, as partidas de ambos pelo Brasileirão serão adiadas.

Jogadores do Palmeiras comemoram o gol da vitória sobre a Ponte Preta na semifinal do Paulista / © Palmeiras

"A CBF informa que vai remarcar os jogos dos clubes da Série A do Brasileirão Assaí 2020 que coincidam com a data base da partida definidora do título de seus respectivos campeonatos estaduais. As novas datas serão oportunamente divulgadas pela Diretoria de Competições", afirmou a entidade em comunicado.

O duelo entre Palmeiras e Vasco, marcado previamente para o domingo, dia 9, constava na tabela do Brasileirão com transmissão ao vivo pelo canal TNT e pelo Premiere. Só o serviço de pay-per-view tem acordo com as duas equipes. O canal do grupo Turner pretendia utilizar a MP 984 para mostrar o jogo, o que possivelmente geraria uma briga na Justiça, já que a Globo notificou os clubes que o uso da MP, na visão dela, não valeria sobre o contrato firmado antes de a medida ser assinada.

Na prática, o enrosco jurídico foi adiado por uma semana. Pela tabela divulgada até agora pela CBF, a MP seria utilizada pela Turner na terceira rodada do campeonato, nos duelos Coritiba x Flamengo e Palmeiras x Goiás, ambos no sábado (15).

Até agora, alguns clubes já se dispuseram a defender os interesses da Globo e impedir também a transmissão das partidas. O receio de alguns times é de que uma discussão jurídica leve as emissoras a cancelarem o contrato do Brasileirão.


Notícia Palmeiras Mídia Globo Turner Campeonato Brasileiro CBF MP 984 Direitos de Transmissão