A Omega, cronometrista oficial dos Jogos Olímpicos e da Diamond League, acaba de criar um novo sistema de rastreamento em tempo real que promete ser revolucionário para o atletismo. Batizado de RTTS (Sistema de Rastreamento em Tempo Real), o sistema tem como objetivo principal tornar transparente o desempenho de todos os corredores.

De acordo com a marca suíça, o RTTS fornecerá velocidades ao vivo e tempos parciais dos atletas durante as provas. Durante as competições, todos os corredores usarão um chip de alta tecnologia que pesa apenas 16 gramas e que ficará acoplado dentro do número no peito. Graças aos receptores instalados nos estádios, esses chips enviarão tempos ao vivo e velocidades atuais para os sistemas usados ​​pelos telões dos próprios estádios e também pelas equipes de transmissão, enquanto a corrida ainda estiver em andamento.   

Foto: Divulgação / Omega 

Estatísticas como tempos divididos de 10m para velocistas e tempos de volta para competidores de longa distância não eram novidade, mas, até agora, era preciso esperar muito tempo depois que a corrida terminava para que os especialistas em cronometragem analisassem os vídeos e fornecessem os dados exatos.

Com o RTTS, será possível classificar os tempos dos oito finalistas de 100m em 20m, 50m, 70m ou 90m, bem como na linha de chegada. Quem quiser poderá saber instantaneamente quem teve o melhor desempenho no início da corrida, quem acelerou de forma mais rápida, quem alcançou a maior velocidade mais cedo e quem foi capaz de manter a velocidade máxima por mais tempo.

LEIA MAIS: Omega inaugura relógio com contagem regressiva para Tóquio 2020

LEIA MAIS: Omega lança relógios comemorativos para Tóquio 2020

LEIA MAIS: Por público e mídia, Iaaf reduz Diamond League para um dia

As informações aprofundadas fornecerão uma compreensão muito maior de uma corrida à medida que ela acontece, bem como imediatamente após o término. Atletas e treinadores poderão utilizá-las para analisar e melhorar o desempenho quando quiserem e, além disso, serão um diferencial para quem assiste nos estádios e também pela tela da televisão ou do computador.

Segundo a Omega, a novidade estará em funcionamento na Diamond League e também nos Jogos Olímpicos de Tóquio do ano que vem.


Notícia Omega cronometrista patrocínio marketing mercado atletismo sistema rastreamento tempo real Diamond League Tóquio 2020