A mudança no formato de disputa do All-Star Game da NBA em 2020 ajudou a liga a alcançar, após três anos, um aumento de audiência na transmissão do jogo festivo nos Estados Unidos. Segundo dados de audiência medidos pela Nielsen, o jogo alcançou uma média de 7,3 milhões de pessoas nos canais TNT e TSN, responsáveis pela transmissão no país.

Segundo a medição, o aumento de 8% da audiência em relação ao ano anterior se deu, principalmente, pela transmissão do último quarto do jogo sem intervalos comerciais.

Foto: Reprodução / Twitter (@NBAAllStar)

A decisão de não parar a transmissão foi tomada por conta do novo formato proposto pela NBA para o último quarto. Como uma forma de homenagear Kobe Bryant, a liga fez com que o quarto final do jogo não fosse disputado por tempo, mas por pontos. O time que liderava o placar até o terceiro quarto precisaria marcar mais 24 pontos para ser o vencedor.

Como o Time Giannis chegou à decisão liderando o placar por 133 a 124 sobre o Time LeBron, ganharia o jogo quem chegasse primeiro à contagem de 157 pontos. Isso estabeleceu uma frenética disputa que levantou a audiência nos EUA. O último quarto da partida alcançou uma média de 8 milhões de pessoas durante 15 minutos, o pico da audiência do All-Star Game.

Outro momento que teve bom desempenho na TV foi o pré-jogo, que foi marcado por um tributo a Kobe Bryant. Na média, as homenagens antes da partida atraíram os telespectadores, que somaram 6,3 milhões de pessoas, um aumento de 19% em relação ao pré-jogo do ano anterior.


Notícia NBA NBA All-Star Game TNT TSN Kobe Bryant basquete mídia audiência mudança formato marketing