Entre o final de setembro do ano passado e o início de janeiro deste ano, a Máquina do Esporte detalhou toda a questão que envolveu a mudança do patrocinador técnico do Liverpool. A questão entre New Balance e Nike chegou a ir parar na Justiça, com a primeira tentando se manter como parceira do clube inglês e a segunda querendo tomar o lugar. Agora, por conta da pandemia do coronavírus, o assunto ganhou um novo capítulo. Mas, dessa vez, um capítulo de paz.

LEIA MAIS: Liverpool assina com Nike e enfrentará New Balance na Justiça

LEIA MAIS: Tribunal "revela" que contrato entre Liverpool e Nike é "baixo"

LEIA MAIS: Liverpool derrota New Balance na Justiça e deve oficializar Nike

LEIA MAIS: Justiça rejeita apelo da New Balance, e Liverpool terá Nike

Em 7 de janeiro, após quase quatro meses de imbróglio, o site SportBusiness sacramentou que o contrato entre Nike e Liverpool estava finalmente oficializado. O acordo foi feito após o Liverpool vencer um processo na Justiça contra a New Balance, já que os Reds entenderam que teriam maiores ganhos financeiros com a nova parceria em relação ao que oferecia o acordo com parceira antiga.

Foto: Reprodução / Site (liverpoolecho.co.uk)

O problema é que, como muitos dos contratos na Europa, por conta do período entre o término de uma temporada e o início da próxima, ficou estabelecido que a Nike assumiria o clube em 1º de julho. Ninguém contava, à época, que uma pandemia surgiria e faria com que o esporte fosse paralisado em todo o mundo.

Com a Premier League prevista para voltar em junho e nove rodadas a serem disputadas, o torneio será encerrado bem depois da data estipulada para o encerramento do vínculo com a New Balance e o início do novo vínculo com a Nike. Criou-se, então, um impasse.

Aí, quando todos esperavam uma nova batalha nos bastidores, a Nike decidiu focar o fair play. A marca deu o aval para que a New Balance permaneça vestindo o clube inglês até o término da temporada que, inclusive, não será qualquer uma para o Liverpool. Apesar de ter caído na Champions League, o time deverá conquistar o título de campeão nacional após 30 anos.

Com o novo acerto, a Nike passará a vestir o clube após o término da atual edição da Premier League, seja qual for a data em que isso acontecer. O contrato prevê que a fabricação e o fornecimento de roupas de jogo, treinamento e viagem para os times masculino, feminino e categorias de base, além das comissões técnicas.


Notícia Liverpool Nike New Balance patrocínio marketing Justiça Premier League contrato mercado pandemia coronavírus