Um dos documentários mais esperados pelos fãs de esporte nos últimos anos terá sua estreia antecipada. "The Last Dance" ("A Última Dança", em tradução livre), que conta a busca de Michael Jordan pelo sexto título da NBA com o Chicago Bulls na temporada 1997/1998, fará sua primeira aparição na ESPN dos Estados Unidos no dia 19 de abril. No dia seguinte (20), entrará no catálogo da Netflix em todo o mundo.

Com produção da Mandalay Sports Media, em parceria com a NBA Entertainment e a Jump 23, a série possui dez episódios no total e centenas de imagens inéditas. Na ESPN, será exibida sempre aos domingos apenas nos EUA, enquanto na Netflix terá dois capítulos inéditos disponíveis todas as segundas-feiras, inclusive no Brasil.

Foto: Reprodução

O documentário conta em detalhes a tumultuada temporada de 1997/1998, levando os fãs ao passado, onde tudo começou, desde as raízes na infância de Jordan, passando pela realidade dos Bulls antes da chegada do camisa 23, mostrando como a equipe foi construída depois da escolha do futuro astro no Draft de 1984, até chegar aos confrontos que levaram a equipe de Chicago à conquista do primeiro título em 1990/1991. A seguir, a série avança pelos outros cinco títulos da franquia, mostrando desafios, lutas e triunfos fora de quadra que colaboraram para o melhor "casamento" entre um atleta e uma equipe na história da NBA.

Com um cenário improvável que serve de pano de fundo para contar os bastidores da temporada do sexto título, o documentário mostra quem eram os principais companheiros de Jordan na equipe, como Scottie Pippen, Dennis Rodman e Steve Kerr, além do técnico Phil Jackson, apresentando ainda dezenas de entrevistas recentes com rivais, astros do basquete e outras celebridades. A série promete expor também as tensões e os conflitos que fizeram parte da reta final para a conquista do hexacampeonato do Chicago Bulls.

"Michael Jordan e os Bulls dos anos 90 não eram apenas estrelas do esporte: eles eram um fenômeno global. Dirigir 'The Last Dance' foi uma oportunidade incrível para explorar os impactos extraordinários de um homem e uma equipe. Demoramos quase três anos para conseguir apresentar um conteúdo completo e definitivo da história de uma dinastia que define uma era e apresentar esses heróis do esporte como seres humanos. Espero que os espectadores gostem da série tanto quanto nós aproveitamos a oportunidade de produzi-la", resumiu o diretor Jason Hehir.


Notícia Michael Jordan Chicago Bulls The Last Dance NBA basquete história documentário série mercado mídia ESPN Netflix