Próxima do retorno da temporada, a NBA já definiu que adotará a estratégia que foi consagrada pelo clube dinamarquês Aarhus. Telões serão instalados nos ginásios dentro do complexo da ESPN na Disney e mostrarão os torcedores diretamente de suas casas durante os jogos.

As quadras que serão montadas terão espaço para que os torcedores se conectem a distância com os times. Serão centenas de telas espalhadas em lugares estratégicos dos ginásios. Ainda não se sabe, porém, como os torcedores participarão dos jogos.

Foto: Divulgação / Disney

Na Dinamarca, o Aarhus abriu as vagas para os torcedores, que compravam virtualmente o ingresso e, então, poderiam fazer uma doação para o clube, de qualquer valor. Na Inglaterra, o Tottenham fez a mesma ação para o jogo contra o Manchester United, mas abriu o espaço apenas para torcedores que tinham comprado o carnê de ingressos para a temporada toda.

LEIA MAIS: Análise: "Arquibancasa" pode ser um bom começo

Além de colocar os torcedores nos ginásios virtualmente, a NBA prepara uma série de inovações para a transmissão dos jogos. Algumas delas já eram realizadas nas transmissões dentro do NBA League Pass, que permite ver o jogo em vários formatos distintos. Agora, a ideia é levar isso para as transmissões dentro do aplicativo da liga e até aos parceiros.

"Enquanto os fãs não puderem estar presentes fisicamente nos ginásios, vamos achar soluções para oferecer uma experiência de jogo mais imersiva e conectada em rede", disse Adam Silver, comissário da NBA.

A ideia da liga é usar ângulos de câmeras inéditos e aumentar a captação do áudio de jogadores e treinadores para que o fã ouça o que se fala em quadra. Além disso, nas transmissões, diversas novidades tecnológicas serão apresentadas. Imagens com sobreposição de estatísticas e interação do fã durante a transmissão com bate-papo e presença de influenciadores estão entre as novidades. Por meio de um aplicativo, será possível iluminar a quadra com as cores do time de coração, além de acompanhar um show virtual do intervalo.

A princípio, três ginásios dentro do complexo da ESPN na Disney receberão os jogos. The Arena, com capacidade para 8 mil pessoas, The Field House, com 5 mil lugares, e The Visa Athletic Center, com 1.200 lugares.


Notícia NBA Mídia Marketing Covid-19