No último dia 23 de outubro, a Fifa anunciou com certa timidez que o Mundial Sub-17 da entidade, que começaria dali a três dias, tinha encontrado apenas um patrocinador local para a competição: o Grupo Souza Lima, especialista em segurança.

A quatro dias do final do torneio, porém, a Fifa viveu uma situação diferente. Anunciou a entrada da SEMP TCL como patrocinadora do torneio a partir dos jogos semifinais. E, a dois dias da decisão entre Brasil e México, foi a vez de a Cimed passar a fazer parte da lista de patrocinadores.

Foto: Reprodução

A entrada das duas empresas aconteceu por um motivo óbvio: pegar carona na exposição de marca do torneio em seu momento decisivo. Tanto TCL quanto Cimed são patrocinadoras da seleção brasileira e empresas que usam a exposição de mídia para tentar aparecer mais.

Logicamente, no discurso ao anunciar os patrocínios, tanto a Fifa quanto as marcas procuraram ressaltar a parceria com as categorias de base.

"O incentivo à nova geração representa uma oportunidade de fomentar novos talentos, como no caso do nosso atual embaixador, Rodrygo Goes, que está com a empresa desde o início até sua atual carreira internacional. É uma grande satisfação fazer parte da Copa do Mundo Sub-17 da Fifa, um torneio de escala mundial, e incentivar o desenvolvimento desses jovens atletas no futebol", disse Patricia Vital, head de marketing da SEMP TCL.

A Fifa também tentou justificar a entrada da Cimed apenas na final do torneio como uma forma de incentivo aos jovens talentos.

"A Cimed tem mostrado seu comprometimento em apoiar as futuras gerações de talentos brasileiros. Ela compartilha do ponto de vista da Fifa de que competições de categorias de base são o ponto de partida para o reconhecimento mundial de jovens atletas, e nós estamos muito satisfeitos por ter seu apoio", afirmou Jean-François Pathy, diretor de serviços de marketing da entidade.

Não por acaso, a final do Mundial foi transmitida a partir das 19h deste domingo (17), na Globo. Com gols da virada nos últimos 15 minutos de jogo, a seleção brasileira bateu a mexicana por 2 a 1 e conquistou o tetracampeonato da competição. 


Notícia Fifa Mundial Sub-17 patrocínio marketing interesse estratégia mercado Grupo Souza Lima Semp TCL Cimed