A Movistar+, canal de TV por assinatura de propriedade da Telefónica, terá os direitos de transmissão exclusivos das principais competições da Uefa até 2024 na Espanha. Nesta quinta-feira (2), a emissora confirmou que adquiriu os direitos do ciclo que compreende as temporadas de 2021/2022, 2022/2023 e 2023/2024, e engloba Champions League, Europa League, a nova Conference League e ainda o torneio sub-19 Youth League.

De acordo com o site espanhol Palco23, a Movistar+ pagará € 975 milhões no total pelo pacote, ou seja, € 325 milhões por temporada. O valor está abaixo do assinado para o ciclo atual, depois que a Movistar+ adquiriu a Champions League e a Europa League da Mediapro por € 360 milhões por temporada entre 2018/2019 e 2020/2021.

Foto: Reprodução / Twitter (@MovistarPlus)

"Este acordo é uma demonstração clara de que a Telefónica apoia o esporte em sua máxima expressão e também que é um ativo que impulsiona os negócios e proporciona rentabilidade", afirmou Emilio Gayo, presidente da Telefónica.

Além da Espanha, os direitos também se estendem para Andorra. Com o acordo, a Movistar+ ganha ainda mais força em território espanhol, já que também possui os direitos da LaLiga Santander e da LaLiga SmartBank, as duas principais divisões nacionais, até a temporada 2021/2022. Segundo o Palco23, no total, a empresa comprometeu mais de € 3 bilhões no futebol espanhol, pouco mais de € 1 bilhão por temporada.

O valor menor fechado para o próximo ciclo das competições europeias parece comprovar uma tendência no futebol do continente. Há cerca de dez dias, Sky e DAZN garantiram os direitos da Bundesliga para a Alemanha por quatro anos a partir da temporada 2021/2022 também por um montante abaixo do ciclo atual. De € 4,6 bilhões, o valor caiu para € 4,4 bilhões.


Notícia Mídia direitos transmissão Movistar+ Telefónica Uefa Champions League Europa League marketing estratégia mercado