arquivo

Máquina Talks: Brahma personaliza mensagem a torcedores

por Redação - São Paulo (SP)
A
A
publicidade

O segundo dia do Máquina Talks - Futebol 5.0 começou com a presença de executivos da Brahma explicando o posicionamento da marca em sua estratégia com o futebol. No momento, a marca possui 18 clubes e a seleção brasileira no portfólio.

publicidade

O relacionamento da marca com o futebol é de longa data. Em 1958, a Brahma ajudou as rádios brasileiras a terem condição de transmitir aquela que seria a primeira taça de Copa do Mundo da seleção. “Que o futebol é uma paixão nacional, não é novidade para ninguém. Brahma sendo uma das cervejarias mais tradicionais do Brasil já tem uma relação muito longa com o esporte”, contou José Freitas, gerente de marketing da marca.

publicidade
publicidade

O executivo também explicou que o futebol como catalisador social foi o mote principal da campanha “Não é só futebol”. “O posicionamento de marca foi desenhado para celebrar as coisas boas que resistem ao tempo, momentos que estão marcados. No futebol, isso é algo que também está muito marcado no brasileiro.”

publicidade
publicidade
publicidade

Apesar do brasileiro ter uma grande e forte relação com o futebol, a marca resolveu explorar a relação que cada torcedor tem com o seu time do coração. “Nós, como marca nacional, temos que falar com todos os tipos de torcedor e, ao mesmo tempo, ser o mais personalizado possível”, contou Daniel Freitas, gerente de marketing esportivo.

publicidade
publicidade

Nesse cenário, a marca está fazendo estudos aprofundados para se relacionar cada vez mais com cada torcida de maneira única e falar a “verdade” de cada time. ”Nós temos posicionamentos muito específicos clube a clube para que cada torcedor se relacione com o que produzimos”, explicou Daniel.

publicidade
publicidade

O ‘problema’ que a Brahma quer resolver com o esporte vai muito além de ter a exposição da marca. “A gente quer ganhar o jogo com conexões reais com os jogadores, vai muito além do que está na camisa. Ao mesmo tempo que é uma outra abordagem para o marketing esportivo, é um desafio”, comentou o gerente de marketing.

publicidade
publicidade

Sobre este período que as pessoas começaram a usar mais o sofá de casa como arquibancada, a marca criou uma comunicação específica, mas com oito versões diferentes, cada uma para cada praça. Nestas comerciais, a marcas quis mostrar que os sentimentos futebol causa nas pessoas e quão forte eles são.

publicidade

Outra parte importante da cultura de ir ao estádio, é a alimentação ao redor do estádio, seja um pernil, um cachorro-quente ou até um tropeiro. Pensando nisso, a Brahma pensou em uma estratégia de criar um delivery dessas comidas.

publicidade
publicidade

“Nós queremos pensar formas em como evoluir como marca e propor coisas que são relevantes para o consumidor e torcedor”, contou José. 

publicidade
publicidade

Ingresso virtual vira maior fonte de receita para Comercial-SP