O Liverpool vai perder o patrocínio da financeira Western Union. O contrato avaliado em £ 5 milhões anuais para exposição na manga da camisa do atual campeão inglês será encerrado dois anos antes do previsto, segundo anunciou a empresa. 

O que poderia ser motivo de lamentação pelo fim do acordo, porém, se tranformou num certo alívio para o Liverpool. Firmado em 2017, o contrato foi um dos primeiros no futebol inglês para a manga da camisa. Isso fez com que o valor de £ 5 milhões ficasse defasado em relação aos outros acordos assinados depois dele.

Manchester City, Manchester United e Arsenal arrecadam £ 10 milhões anualmente com seus negócios, enquanto o contrato de quatro anos do Chelsea com a Hyundai vale cerca de £ 50 milhões.

Liverpool havia assinado, em 2017, acordo de 5 anos com Western Union - Foto: Divulgação Liverpool

O novo diretor comercial do Liverpool, Matt Scammell, que chegou do Manchester United no mês passado, disse estar "paciente" para o negócio certo. Já a Western Union agradeceu a parceria com o clube e disse que a saída foi causada pela mudança de política de patrocínios da empresa.

"O patrocínio da Western Union ao Liverpool Football Club tem sido muito bem-sucedido tanto para o nosso negócio quanto para a nossa marca e estamos muito orgulhosos do que nós e o clube alcançamos nas últimas três temporadas. No entanto, avaliamos todas as nossas atividades, incluindo patrocínios, em uma base regular, e como nossas necessidades e objetivos de negócios e marca continuam a evoluir, tomamos a decisão de não continuar com o patrocínio", disse a Western Union em comunicado.


Notícia Marketing Patrocínio Liverpool Premier League Western Union