O que já estava desenhado desde a última terça-feira (28) agora é oficial. A Liga de Futebol Profissional (LFP), responsável pela organização da Ligue 1 e da Ligue 2, as duas principais divisões do futebol francês, decretou, nesta quinta-feira (30), o encerramento das duas competições. No entanto, diferentemente da Holanda, que encerrou o campeonato sem declarar campeão e suspendendo o rebaixamento, a França agiu de outra maneira.

Em um comunicado publicado em seu site e suas redes sociais, a LFP declarou o Paris Saint-Germain como campeão da temporada 2019/2020, o sétimo título do time nos últimos oito anos na Ligue 1. Com 28 das 38 rodadas disputadas, o clube dos brasileiros Neymar, Marquinhos e Thiago Silva era o líder isolado do torneio, com 12 pontos à frente e um jogo a menos que o vice-líder, o Olympique de Marseille.

Foto: Reprodução / Twitter (@PSG_inside)

Além do título dado ao PSG, a entidade ainda definiu que a classificação no momento da paralisação do torneio será considerada para definição das vagas nas ligas europeias e também para o rebaixamento. Dessa forma, o Olympique de Marseille estará na fase de grupos da edição 2020/2021 da Champions League, assim como o Rennes, que entrará na fase preliminar. Com relação à Europa League, a vaga francesa ficou com o Lille, quarto colocado na tabela.

Já na parte de baixo, Amiens (19º colocado) e Toulouse (20º colocado) foram rebaixados e disputarão a Ligue 2 na próxima temporada. Na segunda divisão, aliás, o Lorient foi declarado como campeão e disputará a Ligue 1 em 2020/2021 ao lado do Lens, vice-campeão.

Com o término da competição nacional, os times franceses só deverão voltar a campo entre a metade e o final de agosto, quando a LFP espera retornar com o início da temporada 2020/2021. As únicas exceções são o PSG e o Lyon, que ainda esperam para saber o que a Uefa decidirá sobre o futuro da Champions League. O PSG está garantido nas quartas de final do torneio, enquanto o Lyon ainda disputará o jogo de volta das oitavas de final diante da Juventus. O futebol do país não tem mais representantes na Europa League desta temporada.

Além disso, também ainda há uma definição sobre o que será feito das chamadas “Copas”, que estavam em suas fases finais. Na Copa da França, o duelo que decide o título é entre PSG e Saint-Étienne. Já na Copa da Liga Francesa, o mesmo PSG está na disputa diante do Lyon. Os dois torneios são organizados pela Federação Francesa de Futebol (FFF), que ainda não se pronunciou sobre o que será feito.


Notícia Coronavírus Covid-19 pandemia futebol cancelamento Ligue 1 França LFP FFF gestão mercado campeão PSG