arquivo

LaLiga tenta solucionar proibição às casas de apostas

por Redação - São Paulo (SP)
A
A
publicidade

A proibição iminente do patrocínio por casas de apostas na Espanha deixou a La Liga "preocupada" devido ao impacto financeiro que a nova lei terá nos clubes. A liga espanhola entrou em contato com o governo para tentar reverter a situação. 

publicidade

O novo regulamento, previsto para ser introduzido em outubro, inclui que a publicidade a jogos de azar na TV, rádio e outros veículos de mídia de vídeo seja limitada a uma hora por dia entre 1 e 5 da manhã. Além do patrocínio em camisas, há também planos para impor uma proibição geral de uso de marcas em estádios. 

publicidade
publicidade
publicidade

Segundo a LaLiga, que supervisiona as duas principais divisões de futebol da Espanha, isso significa que os clubes profissionais podem perder até 80 milhões de euros (US$ 93,1 milhões) ao alterarem seus acordos com as casas de apostas. Os contratos poderão valer apenas 30% de seu valor atual. 

publicidade
publicidade

Oscar Mayo, diretor de negócios, marketing e desenvolvimento internacional da LaLiga, agora que a liga está conversando com o governo espanhol para minimizar o impacto financeiro da proibição em seus clubes. 

publicidade
publicidade

"Obviamente estamos preocupados, entendemos, respeitamos e conversamos com eles para ver qual é a melhor maneira de fazer as coisas e qual deveria ser o melhor momento para fazê-lo também", disse Mayo, falando durante uma coletiva de imprensa anunciando o novo acordo de apostas do La Liga com o M88. 

publicidade

"Este é um ano muito complicado para os clubes a nível financeiro. Portanto, o que estamos fazendo é falar com o governo para resolver da melhor maneira possível, entendendo que eles querem regular as apostas on-line". 

publicidade
publicidade

Ingresso virtual vira maior fonte de receita para Comercial-SP