O duelo beneficente envolvendo os golfistas Tiger Woods e Phil Mickelson e os jogadores de futebol americano Peyton Manning e Tom Brady se tornou o evento de golfe mais visto da história da televisão americana. O jogo, exibido nos canais TNT, TBS, TruTV e HLN, além de internacionalmente pela CNN International, teve uma média de 5,8 milhões de pessoas assistindo apenas nos Estados Unidos.

De acordo com o site SportBusiness, foi o maior número da história para um jogo de golfe, superando a primeira rodada do Masters de 2010 na ESPN, que alcançou 4,9 milhões de espectadores. A partida, batizada de "The Match: Champions for Charity" ("O Jogo: Campeões em prol da Caridade", em tradução livre), ainda teve 38 milhões de visualizações nos vídeos que subiram no site e redes sociais do Bleacher Report, além de 5 milhões de engajamentos e 172 milhões de impressões nas redes sociais do site que é focado em esporte e cultura esportiva.

Foto: Reprodução / Twitter (@TigerWoods)

Em termos de arrecadação, o embate entre as estrelas também foi um sucesso. A partida amistosa levantou US$ 20 milhões que serão integralmente doados para ajudar no combate à pandemia do coronavírus nos Estados Unidos. O país é, de longe, o que mais apresentou casos e mortes relacionadas à doença até o momento. São mais de 1,66 milhão de casos confirmados e mais de 98,2 mil mortes por Covid-19 no país.

Assim como ligas como NBA, MLB, NHL e MLS, o PGA Tour está de olho em um possível retorno das atividades em breve. Os planos, no momento, são de voltar à ação em meados de junho, com todos os torneios sendo disputados com atenção rigorosa para a saúde de todos os envolvidos e sem espectadores.


Notícia Coronavírus Covid-19 pandemia golfe beneficente Tiger Woods Phil Mickelson Peyton Manning Tom Brady mídia recorde audiência