arquivo

Havaianas "abraça" surfe de vez com patrocínio global à WSL

por Redação - São Paulo (SP)
A
A
publicidade

A Havaianas, marca do Grupo Alpargatas, é a nova patrocinadora global da World Surf League (WSL). O acordo foi oficializado nesta quinta-feira (12), em meio à disputa da última etapa do ano, em Pipeline, no Havaí, que definirá o campeão mundial de surfe de 2019.

publicidade

O contrato assinado é o ápice de um relacionamento que teve início em junho, quando a marca, de forma inédita, decidiu patrocinar a etapa brasileira do Circuito Mundial, disputada em Saquarema (RJ). À época, a Havaianas fez sucesso nas areias com uma ativação em que montou uma loja submersa para vender sandálias. Acompanhadas de instrutores de mergulho, as pessoas puderam mergulhar num tanque com água aquecida e, então, escolher os produtos para compra.

publicidade
publicidade

O passo seguinte foi dado no início de novembro, quando a marca anunciou patrocínio à gaúcha Tatiana Weston-Webb, que havia garantido dias antes uma vaga nos Jogos Olímpicos de Tóquio do ano que vem. A surfista se tornou a primeira atleta patrocinada pela Havaianas em toda a história da empresa brasileira.

publicidade
publicidade
publicidade

Foto: Pedro Monteiro

publicidade
publicidade
publicidade

"Temos uma relação natural e genuína com surfistas do mundo todo há muitos anos, e o surfe representa muito do estilo de vida que nossa marca celebra. Vemos a plataforma Havaianas & WSL como uma parceria de longo prazo, em que vamos criar experiências incríveis para os amantes desse lifestyle tão único", celebrou Fernanda Romano, CMO do Grupo Alpargatas.

publicidade

"Dar as boas-vindas à Havaianas como parceira da WSL no Brasil e no mundo é uma incrível indicação de quão popular é o surfe na região e de quão significativa é essa região para o esporte. Estamos muito empolgados em fazer parceria com uma marca que é tão bem-sucedida e tão brasileira. É realmente importante trabalharmos com marcas fortes, como a Havaianas, que são líderes em seu espaço", destacou Ivan Martinho, CEO da WSL na América Latina.

publicidade
publicidade

Com o patrocínio, que terá validade de dois anos, a Havaianas espera ampliar seu alcance internacional e estar cada vez mais presente na cabeça (e nos pés) dos fãs do surfe. Para a temporada 2020, a marca estará presente em seis etapas oficiais, sendo quatro do Championship World Tour (Gold Coast (Austrália), Saquarema (Brasil), Peniche (Portugal) e Surf Ranch (EUA)), uma do Challenger Series (Espanha) e uma do circuito de Long Board (EUA).

publicidade
publicidade

A marca ainda será uma das patrocinadoras da WSL Zone, espaço montado pela liga de surfe na Red Bull Station, no centro de São Paulo. A casa, que é a primeira ativação do gênero feita pela WSL em todo o mundo, funcionará no sábado (14) e domingo (15), e será fechada para convidados.

publicidade
publicidade

O acordo entre Havaianas e WSL ainda serve para mostrar a força da chamada "Brazilian Storm", que tem ajudado a promover o esporte no país e atrair patrocinadores. Atualmente, dos 34 atletas que disputam o Championship Tour, 12 são brasileiros. O país tem, inclusive, três surfistas no Top 5. E os resultados são concretos: Gabriel Medina é bicampeão do mundo (2014 e 2018) e Adriano de Souza também já conquistou o título mundial em 2015. Em 2019, o próprio Medina de novo e Ítalo Ferreira estão na briga pelo troféu.

publicidade
publicidade

Lenovo renova patrocínio do Prêmio eSports Brasil 2020