A Copa do Nordeste anunciará, nesta terça-feira (17), a suspensão por tempo indeterminado de seus jogos por conta da pandemia do coronavírus. Com a decisão tomada pelos clubes na noite desta segunda-feira (16), praticamente todas as principais competições do futebol estarão suspensas, o que causará o maior blecaute da história do esporte nacional.

LEIA MAIS: Coronavírus: veja cronologia da pandemia no esporte mundial

Na segunda-feira (16), os estaduais de São Paulo, Rio de Janeiro, Santa Catarina e Rio Grande do Sul se juntaram ao de Minas Gerais, que já tinha anunciado sua suspensão, bem como à CBF, que já havia definido a pausa por tempo indeterminado de todas as competições nacionais que estavam em atividade.

Pablo, atacante do São Paulo, comemora gol feito no clássico contra o Santos, que não contou com a presença do público no Estádio do Morumbi (Foto: Reprodução)

Até agora, poucos campeonatos de maior expressão têm suas atividades mantidas. Os Campeonatos Baiano e Goiano são alguns dos que decidiram terminar a fase de classificação antes de optarem pela pausa. Os jogos serão realizados com portões fechados, mas essa decisão tem desagradado dirigentes e atletas, o que pode forçar a paralisação em breve.

Pelo Twitter, o presidente do Bahia, Guilherme Bellintani, disse que a manutenção dos jogos atendia aos clubes menores, que não conseguem prolongar os contratos com seus atletas e, por isso, não teriam como jogar após a pausa.

O avanço da pandemia de coronavírus sobre o futebol ainda ganhou um novo capítulo nesta segunda-feira (16), com o anúncio de que um primeiro teste no técnico do Flamengo, o português Jorge Jesus, deu positivo. O treinador e os atletas foram colocados em quarentena, e um novo teste será feito.


Notícia Coronavírus Covid-19 pandemia futebol paralisação blecaute Copa do Nordeste Campeonatos Estaduais