A transmissão exclusiva de um duelo brasileiro pelas quartas de final da Libertadores rendeu ao Fox Sports a maior audiência de sua história. O jogo em que o Grêmio eliminou o Palmeiras, na última terça-feira (27), alcançou 3,17 milhões de pessoas e audiência média de 15,35 pontos no Ibope.

Esse resultado é o maior já alcançado pela emissora na transmissão de uma partida de futebol em seus sete anos de história do país. A concentração da audiência no canal foi tão grande que, entre os televisores sintonizados em canais de esporte na faixa horária da partida (entre 21h30 e 23h35), 96% estavam ligados na transmissão do Fox Sports.

Foto: Reprodução

"Desde que lançamos o canal, procuramos fazer mais pelo fã, e todo o trabalho que fazemos no entorno do jogo transforma nossa cobertura em experiência única de entretenimento e jornalismo esportivo. Estamos muito felizes por esse reconhecimento", afirmou Eduardo Zebini, CCO do Fox Sports, à Máquina do Esporte.

O resultado na audiência superou em quase cinco pontos aquele obtido na semana anterior com o primeiro duelo das quartas de final, que tinha sido o recorde histórico do canal até então. Em relação ao alcance, quase 700 mil pessoas a mais estiveram sintonizadas na segunda partida. Além da exclusividade na transmissão, o que ajuda a explicar esses números é a série de ativações criadas pelo canal pré-partida. 

LEIA MAIS: Inter x Flamengo rende ótima audiência à Globo na Libertadores

Mais uma vez, o Fox Sports fez o jogo ser permeado por diversas ativações a partir da geração de conteúdo para engajar o torcedor a ficar sintonizado no canal. O uso das redes sociais para reverberar o que acontecia na TV foi mais uma vez ativado, resultando em grande engajamento do torcedor e preparação para o jogo.

A brincadeira entre os rivais foi estimulada o tempo todo. Durante a programação, uma batalha de hashtags promovidas no perfil do Fox Sports no Twitter fazia com que os cenários dos programas ficassem verdes ou azuis conforme a votação. No dia seguinte ao jogo, o Fox Sports fez sair do teto do prédio no Rio de Janeiro uma fumaça na cor do time vencedor. Durante a semana, os apresentadores usaram cachecóis com inscrições das duas equipes. Além disso, foram destacados dois repórteres para acompanharem cada um dos times ao longo da semana.

LEIA MAIS: Análise: Voltamos à era do "Show do Esporte"

Por último, o meio digital também foi bastante usado. O Fox Sports criou um "Bolão da Libertadores", com a participação de 11 influenciadores digitais e dois profissionais da casa. Além disso, o canal se associou a dois perfis de grande relevância no digital (Gol Contra e Humor Esportivo), que fizeram lives pré-jogo e no intervalo.


Notícia Fox Sports Libertadores Palmeiras Grêmio transmissão mídia recorde mercado audiência televisão TV paga