O Flamengo testará um terceiro modelo de remuneração na transmissão individual de uma partida. Depois de ter buscado receita a partir do torcedor e da live no YouTube na primeira exibição exclusiva de um jogo, contra o Boavista, há 15 dias, e de ter tentado vender acesso via streaming em uma segunda oportunidade, contra o Volta Redonda, agora o clube virou "sócio" do SBT na exibição da final do Campeonato Carioca, que acontecerá nesta quarta-feira (15).

O contrato entre clube e emissora prevê que ambos dividam igualmente o faturamento com receita publicitária da partida. Até agora, a PicPay é a única marca confirmada, segundo o site "Meio e Mensagem". Outras quatro cotas estão sendo oferecidas no mercado publicitário por um preço de tabela de R$ 7,9 milhões.

Foto: Reprodução

Segundo a Máquina do Esporte apurou, esse desconto varia muito conforme a emissora. Alguns canais chegam a oferecer 90% de abatimento no valor de tabela para parceiros comerciais. Em média, o SBT trabalha com até 75% de desconto, o que poderia fazer a receita de cada cota ser, na realidade, R$ 2 milhões.

Procurado pela reportagem, o vice-presidente de marketing e comunicação do Flamengo, Gustavo Oliveira, afirmou que a negociação é restrita ao SBT, não será aberta ao mercado e que o clube não falará em valores. "Só posso te dizer que estamos muito felizes com esta parceria", comentou o dirigente.

LEIA MAIS: SBT terá Téo José e "descontração" na final do Carioca

Segundo levantou o portal "UOL", outra marca já tem acerto com o SBT, além da Pic Pay. Trata-se da cervejaria Brahma, parceira tanto do Flamengo quanto do Fluminense. A empresa esteve presente nas transmissões dos clubes pela internet, com os canais próprios no YouTube de ambas as equipes. A participação da companhia foi feita em acordo à parte, e não como ativação ao patrocínio.

Também segundo o "UOL", o SBT está confiante na audiência da final. A emissora espera cerca de 10 pontos de média no Ibope em São Paulo e cerca de 15 pontos no Rio de Janeiro. O maior desejo, claro, é a liderança na televisão aberta, ainda que o próprio canal considere improvável. Marcado para as 21h, a partida concorrerá com o Jornal Nacional e com a novela Fina Estampa, que chegou a bater os 35 pontos de média na capital fluminense nos últimos meses.

A final do Campeonato Carioca, que será disputada nesta quarta-feira (15), representa um retorno do futebol do sudeste ao SBT após 17 anos. Em 2003, a emissora entrou em uma briga judicial com a Globo para poder exibir o Campeonato Paulista.


Notícia Finanças receita publicidade patrocínio estratégia gestão mídia transmissão mercado Flamengo Fluminense Campeonato Carioca