Após atrair mais de 1 milhão de pessoas com um torneio virtual beneficente de Fifa 2020 no e-Sports, a LaLiga bateu a impressionante marca de 50 milhões de pessoas de audiência com o "LaLiga Santander Fest", festival virtual que uniu artistas e atletas espanhóis no último sábado (28). Também com caráter beneficente, o evento conseguiu arrecadar pouco mais de € 1 milhão. O dinheiro será usado para a compra de insumos e materiais que ajudem no combate e nos efeitos causados pela pandemia do coronavírus na Espanha.

Segundo a liga, a quantia obtida será suficiente para adquirir 115 respiradores não invasivos, 435 mil máscaras de alto risco, 12,6 mil trajes de proteção estéreis descartáveis e 500 mil pares de luvas de proteção de vinil. Além disso, o banco Santander ainda doará mais 1 milhão de máscaras de alto risco. Todo o material será distribuídodo de acordo com as prioridades de saúde do governo, em coordenação com o Conselho Superior de Esportes (CSD).

Foto: Reprodução / Site (laliga.com)  

Transmitido para 182 países de forma simultânea, o "LaLigaSantander Fest" entrou para a história do mundo digital. Ao todo, 50 emissoras internacionais transmitiram o festival, que na Espanha pôde ser visto na Movistar e na GOL Televisión, bem como nas redes sociais da LaLiga e do Banco Santander, assim como na LaLigaSportsTV. Além disso, mais de 70 perfis de mídia social de clubes, artistas, patrocinadores e mídia de todo o mundo compartilharam a transmissão ao vivo.

Para se ter uma ideia, o Facebook teve um alcance de 43 milhões de espectadores. No Twitter, o evento gerou 535 mil visualizações, o dobro do aquecimento feito na rede social para o clássico Real Madrid x Barcelona. Já o YouTube ao vivo gerou mais de 900 mil visualizações, número bem parecido com o alcançado com os melhores momentos das partidas Real Madrid x Atlético de Madrid e Real Madrid x Sevilla na atual temporada. Por último, a hashtag #LaLigaSantanderFest foi o quarto tópico de tendências mundial, sendo o primeiro na Espanha e na Argentina.

O festival ainda atraiu atletas espanhóis de outros esportes que são patrocinados pelo Santander, como o tenista Rafael Nadal, a nadadora Mireia Belmonte e a campeã olímpica de badminton Carolina Marín, assim como diversas marcas que decidiram apoiar o evento, como Allianz, Budweiser, Clear, Danone, Deliveroo, EA Sports, El Corte Inglés, Mazda, Panini, Puma, Renfe, Rexona e Samsung, entre outras. Ao todo, foram mais de 40 empresas fazendo algum tipo de contribuição financeira.

Nos "palcos" montados respectivamente em cada casa, Eva González e Toni Aguilar foram os apresentadores de um concerto que reuniu mais de 30 artistas espanhóis de alto nível: Aitana, Alejandro Sanz, Antonio Carmona, Antonio José, Antonio Orozco, Ainhoa ​​Arteta, Beret, Cami, Danna Paola, David Bisbal, Diogo Piçarra, El Arrebato, J Balvin, José Mercé, Juanes, Juan Magan, Lang Lang, Lola Índigo, Lucas Vidal, Luciano Pereyra, Luis Fonsi, Manuel Carrasco, Miriam Rodríguez, Mon Laferte, Morat, Pablo Alborán, Pablo López, Raphael, Rosario, Sebastián Yatra, Stool, Tini e Vanesa Martín. Entre os jogadores que atuam na LaLiga, participaram nomes como Sergio Ramos (Real Madrid), Gerard Piqué (Barcelona), Koke (Atlético de Madrid) e Joaquín (Betis), entre outros.


Notícia Coronavírus Covid-19 pandemia festival futebol música beneficente mídia streaming redes sociais audiência LaLiga Santander